Fonte: OpenWeather

    Inusitado


    Vídeo: homem simula morte para pedir mulher em casamento, no Amazonas

    O caso curioso aconteceu em Iranduba

    O pedido de casamento  já está com mais de 8 milhões de visualizações no Facebook
    O pedido de casamento já está com mais de 8 milhões de visualizações no Facebook | Foto: Divulgação/ Facebook

    Iranduba - Um pedido de casamento em um suposto acidente de trânsito: foi assim que Kessy Honi Sarmento, de 25 anos, pediu a mão de Klissia da Silva Rodrigues, de 21 anos, em noivado. O pedido inusitado ganhou a internet e já está com mais de 8 milhões de visualizações no Facebook. O site de notícias "Bhaz" conversou com os noivos para entender melhor essa história, que tem dividido opiniões.

    O casal completou cinco anos de união no dia do pedido. O caso curioso aconteceu em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). “Queria algo que marcasse esse momento, algo inesquecível. Comecei a procurar formas para pedi-la em casamento na internet. Não queria um jantar, almoço, algo comum assim”, explica Kessy, que é microempreendedor.

    “Cheguei a ver algo parecido há algum tempo atrás, mas nada tão forte. Tive uma certa preocupação, um receio de acontecer algo, mas segui com o plano”. Kessy não contou para ninguém até o dia marcado, no último sábado.

    Logo de manhã, o microempreendedor falou com Klissia que precisaria se ausentar. Ele foi comprar o buquê e a aliança, e demorou mais de duas horas. Klissia estava na casa da mãe de Kessy, e as duas já comentavam da demora, um pouco preocupadas.

    “Ele tinha contado para a mãe que teve um sonho em que morria. E a gente estava falando disso no momento em que um amigo dele chegou”, explica Klissia. A jovem estava dando comida para o filho Kaleb Pietro, de 1 ano, quando Alex, amigo do noivo, chegou.

    “O Alex pegou o prato do Kaleb da minha mão e pediu para eu me acalmar, que eu precisava ir com ele em algum lugar. Eu fiquei perguntando o motivo e ele não me falava”, explica a jovem. O trajeto até o local do acidente falso fica a poucos quilômetros do local, cerca de dois minutos de motocicleta.

    Durante o trajeto, ela insistiu com o amigo de Kessy, mas nada. “Fiquei arranhando ele, pedindo para me explicar, mas ele não contava. Quando cheguei no lugar, foi aquele susto”, conta.

    Kessy estava caído no chão, com um pano preto sobre o rosto e com diversas pessoas ao redor. “Quando eu tirei o pano de cima dele, ele demorou uns segundos para se mexer. Entrei em estado de choque, com muito medo de perdê-lo. No mesmo dia a gente tinha brigado, então fiquei ainda pior”, explica.

    Nas imagens, a jovem aparece desesperada, gritando bastante. Ela precisa ser acalmada por pessoas que estavam ao redor. “Eu achei que ele estava machucado, passou um monte de coisas na minha cabeça. Naquele momento eu percebi que realmente não consigo viver sem ele.

    Veja o vídeo:

    O casal completou cinco anos de união no dia do pedido | Autor: Divulgação/ Facebook