Fonte: OpenWeather

    Manejo


    Vídeo: Tefé recebe a 1ª Feira do Jacaré-açu do Amazonas

    O jacaré é um dos animais da região amazônica de grande potencial econômico. O couro é vendido para o mercado de bolsas e sapatos por cerca de R$ 30 o centímetro

    Manaus - O município de Tefé recebe a 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo do Estado do Amazonas no dia 29 de fevereiro deste ano. A expectativa dos ribeirinhos pela comercialização do jacaré-açu de manejo vem desde 2003, porém, o processo para a venda da carne do animal se intensificou a partir de 2017.

    No período de 25 de novembro à 1º de dezembro de 2019, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) participou de um curso promovido pelo Instituto Mamirauá sobre legislação, licenciamento e assessoria de desenvolvimento do manejo sustentável de jacarés em Tefé. A atividade era uma das etapas para a liberação de licença para o manejo e o documento resultante deverá estar disponível ainda em janeiro de 2020.

    O jacaré é um dos animais da região amazônica de grande potencial econômico. O couro é vendido para o mercado de bolsas e sapatos por cerca de R$ 30 o centímetro, já a carne é destinada à alimentação e as vísceras são utilizadas para fazer ração animal.

    A 1ª edição da Feira do Jacaré-açu de Manejo de Tefé deverá acontecer no dia 29 de fevereiro, com expectativa de comercialização de 50 a 70 jacarés-açus (equivalente a 700kg de carne) com tamanho inicial de 2 metros. Os cortes da carne (patas, tronco e o rabo) deverão ser feitos na própria feira e serão comercializados com o preço similar ao do pirarucu de manejo que varia de R$ 12 a R$ 13 o quilo da carne.

    A Prefeitura Municipal de Tefé está engajada para a comercialização do Jacaré-açu manejado na cidade, visando principalmente a melhoria econômica na vida da população tefeense, associada a uma estratégia bem-sucedida de desenvolvimento sustentável.

    *Com informações da assessoria

    Assista à reportagem da TV Em Tempo:

    Assista à reportagem | Autor: Rony Belchior/ TV Em Tempo