Pacote de obras


‘Manaus nunca viu um volume de obra tão grande’, afirma prefeito

Somente pelo Requalifica 1, já finalizado, foram 205 vias e 100 quilômetros de novo asfalto aplicado em quatro lotes de obras

Os motoristas que trafegam pelas vias já concluídas notam a diferença | Foto: Diego Cajá/Seminf

Manaus - Com mais de 500 vias mapeadas em suas quatro etapas, algumas já concluídas e outras em execução, o Programa de Requalificação Urbana e Viária de Manaus, o “Requalifica”, têm mudado a paisagem e a trafegabilidade das ruas por onde passa.

“Manaus nunca viu um volume de obra tão grande. É, sem dúvida, o maior programa de recapeamento já realizado na capital”, afirma o prefeito Arthur Virgílio Neto, que na próxima segunda-feira (10), fará um balanço dos seus sete anos de mandato na abertura do ano legislativo 2020 na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

Somente pelo Requalifica 1, já finalizado, foram 205 vias e 100 quilômetros de novo asfalto aplicado em quatro lotes de obras. Ainda estão em execução o Requalifica 2, que deve alcançar outras 95 ruas, e o Requalifica 3, que segue atendendo a programação de 121 vias. Mais recentemente, a Prefeitura de Manaus também deu início ao Requalifica 4, contemplando mais 165 vias e que começou no bairro Puraquequara, onde será recapeado uma extensão de 15 quilômetros da estrada que se estende da bola do Armando Mendes até a entrada da vila. 

“Nossas ações têm priorizado os corredores viários do transporte coletivo, melhorando a trafegabilidade e a qualidade da viagem para milhares de passageiros, que fazem uso diário dessas rotas. Nas vias transversais estamos entrando com o programa de tapa-buracos, que já soma R$ 200 milhões em recursos, para serem aplicados na recuperação das vias que não forem atendidas pelo Requalifica, o que é muito importante para infraestrutura dentro dos bairros”, explica o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Kelton Aguiar. 

Foram 500 vias mapeadas em suas quatro etapas
Foram 500 vias mapeadas em suas quatro etapas | Foto: Diego Cajá/Seminf


E os motoristas que trafegam pelas vias já concluídas notam a diferença, como Paulo Sampaio, morador do bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, que é motorista de aplicativo. Na área, vias como Maneca Marques, Carlota Joaquina, Darcy Vargas, Ivanete Machado e professor Samuel Bechimol receberam investimentos na infraestrutura viária. 

“Estava viajando e na volta fui surpreendido com o excelente trabalho de infraestrutura no meu bairro. Ruas totalmente novas, sinalizadas corretamente, que nos dão conforto e segurança. Eu que passo o dia dirigindo senti a diferença”, conta Sampaio. 

Além da zona Centro-Sul, pontos como a avenida Belo Horizonte, no bairro Ouro Verde; Visconde de Santa Cruz, Cidade Nova, Monsenhor Coutinho e avenida Ayrão, no Centro, também estão com os serviços em pleno andamento. 

*Com informações da assessoria