Tragédia


Morre menina venezuelana vítima de incêndio no São Jorge

A criança, de 5 anos, teve 80% do corpo queimado

A vítima  estava hospitalizada na UTI, no Proto-socorro da Criança
A vítima estava hospitalizada na UTI, no Proto-socorro da Criança | Foto: Lucas Silva

Manaus - Após 15 dias internada, a pequena Victoria Valentina Rojas Diaz, de 5 anos, morreu no final da manhã desta quarta-feira (5). A criança, que é venezuelana, teve 80% do corpo queimado, no dia 21 de janeiro deste ano, durante um incêndio na casa onde morava, na rua Francisco Carrete, bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus.

A vítima estava hospitalizada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Proto-Socorro da Criança na Zona Sul da capital. Ela não resistiu aos graves ferimentos e morreu por volta das 10h desta quarta. 

O corpo da menina foi removido para o Instituo Médico Legal (IML), onde ainda aguarda por liberação. Segundo amigos da família da vítima, todos os documentos da criança se perderam no incêndio, e isso interfere nos precedimentos para liberação no instituto.

"Estamos correndo atrás para ajudar a família e agilizar a emissão dos novos documentos. É uma perda irreparável, além do trauma, a família toda ainda está abalada emocionalmente", disse uma amiga.

Acidente doméstico 

Ainda conforme a amiga da família, Victoria Valentina é filha de uma venezuelana, que tem uma união estável com um amazonense. A menina e outros dois irmãos, menores de 10 anos, estavam sozinhos na residência e passaram a brincar com fogo, quando ocorreu o incêndio na residência. 

"Infelizmente, foi uma fatalidade Criança precisa estar acompanhada frequentemente. A Victoria não conseguiu ser resgata a tempo e se queimou muito. Isso porque o fogo se alastrou rápido demais. A família perdeu tudo", lamentou a amiga. 

Os outros irmãos da vítima também chegaram a inalar fumaça, mas já receberam alta médica.