Fonte: OpenWeather

    Modelo de gestão


    Modelo de gestão da CGE-AM será referência para o Governo do Acre

    A parceria viabilizada por meio de termo de cooperação técnica entre os estados foi anunciada no encerramento da Semana de Capacitação e Planejamento.

    | Foto: Divulgação/CGE-AM

    O modelo de gestão da Controladoria-Geral do Estado do Amazonas (CGE-AM) servirá como parâmetro para a estruturação da Controladoria-Geral do Estado do Acre (AC). A parceria será viabilizada por meio de Termo de Cooperação Técnica entre os Estados. A proposta para o trabalho conjunto foi anunciada no encerramento da Semana de Capacitação e Planejamento do Controle Interno da CGE 2020, nesta sexta-feira (14). O evento contou com a presença do controlador-geral do Amazonas, Otávio Gomes, e do controlador-geral do Acre, Luís Almir Brandão Soares.

    O convite para a parceria surge após visitas do controlador do Acre à CGE do Amazonas, para conhecer a metodologia de trabalho utilizada em relação ao Controle Interno, à Transparência e à Ouvidoria.

    A previsão é que o Termo de Cooperação Técnica seja assinado no próximo mês, no estado vizinho. Na ocasião, o controlador do Amazonas, Otávio Gomes e os subcontroladores de Controle Interno, Lúcia Magalhães, e de Transparência e Ouvidoria, Rogério de Sá Nogueira, deverão oferecer treinamento e capacitação aos servidores acreanos.

    Segundo o controlador-geral do Estado, Otávio Gomes, o convite feito à CGE-AM representa reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado. “Seguimos as determinações do governador Wilson Lima e do vice-governador, Carlos Almeida, em trabalhar em prol da construção de políticas públicas direcionadas ao melhor atendimento ao cidadão e da transparência quanto ao controle dos gastos públicos”, disse.

    De acordo com o controlador-geral do Estado do Acre, Luís Soares, atualmente há uma necessidade de estruturação no órgão, o que, segundo ele, inicia no processo de orientação à mão de obra operacional. A CGE-AC também contará com os departamentos de Controle Interno e de Transparência e Ouvidoria, nos moldes do Amazonas.

    "

    Contamos com pouco mais de 40 servidores na Controladoria e precisamos de capacitação. Estamos iniciando um trabalho de base, e o apoio do Governo do Amazonas será fundamental neste processo de implantação "

    Luís Soares,

    | Foto: Divulgação/CGE-AM

    *Com informações da assessoria