Fonte: OpenWeather

    Denúncia


    Alunos de Iranduba precisam 'madrugar' para garantir lugar em ônibus

    O ônibus escolar, que atende a comunidade, não comporta o crescimento na demanda dos alunos da Escola de Tempo Integral do município de Iranduba

    Estudantes madrugam na fila
    Estudantes madrugam na fila | Foto: Divulgação

    Manaus - Estudantes do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) do município de Iranduba (a 27 km de Manaus), que moram no bairro Alto de Nazaré, precisam madrugar na fila para conseguir um lugar no ônibus. Essa é a denúncia foi feita ao Portal EM TEMPO pelos pais de alunos da comunidade. 

    Segundos os moradores, cerca de 90 crianças precisam do transporte para chegar até a escola. Entretanto, apenas um ônibus, com capacidade para 45 alunos, está fazendo a rota atualmente. Com isso, os pais precisam levar os filhos de madrugada até o ponto de encontro. Mais da metade das crianças ficam sem o transporte.

    "Tenho que chegar 5h no ponto para poder meu filho conseguir uma vaga no ônibus. Isso é inadmissível. Precisa ser tomada alguma providência urgentemente. Os alunos estão sendo prejudicados, pois mais da metade ficam sem ir para a aula. Só queremos uma resposta das autoridades sobre esse problema. Isso não é certo", desabafa, uma moradora do bairro Alto de Nazaré e mãe de um dos alunos.

    Seduc

    O Portal EM TEMPO entrou em contato com a Secretaria de Educação do Estado do Amazonas (Seduc) que informou ter conhecimento da necessidade da comunidade com ônibus para os alunos do Ceti.

    Em nota, a secretaria garantiu que está trabalhando no remanejamento das rotas para melhor atender aos estudantes. 

     "Houve, durante o início do ano letivo, um aumento na quantidade de estudantes que precisam de transporte e essa demanda não foi comunicada previamente à secretaria. No entanto, a Coordenadoria Regional já efetuou o levantamento sobre a quantidade de alunos que necessitam do benefício e, até a semana que vem, o problema deve ser resolvido", diz um trecho da nota.   

    Problemas na comunidade 

    A falta do transporte escolar na região é apenas um dos problemas enfrentados pelos moradores. No ano de 2019, a população da comunidade denunciou a precariedade dos serviços oferecidos. A falta de saneamento básica, ausência de pavimentação e iluminação pública entram na lista.

    Moradores da região enfrentam vários problemas
    Moradores da região enfrentam vários problemas | Foto: Arquivo Em Tempo

    No período da denúncia, o secretário municipal de infraestrutura de Iranduba, Erenildo Teixeira, afirmou que a prefeitura possui um projeto de pavimentação e saneamento básico que foi encaminhado para o governo do Estado. No período da denúncia, a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) não informou prazos para a pavimentação de outras áreas do município de Iranduba.

    Por conta de o bairro já possuir postes, a concessionária Amazonas Energia S. A. relatou que a iluminação pública, assim como as conexões na rede elétrica, é de responsabilidade da Prefeitura do município.