Fonte: OpenWeather

    denúncia


    Passageiros criticam fila e longa espera por serviços no Sinetram

    A espera pelo atendimento na sede do Sinetram é em pé e leva aproximadamente duas horas, dependendo de qual atendimento. Do lado de fora, pessoas estão expostas à chuva e ao sol

    O menor tempo para o atendimento no Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas – Sinetram é de duas horas. Segundo os usuários de transporte público, para receber atendimento é necessário enfrentar grandes filas no local | Foto: Naylene Freire

    Manaus- Se você for usuário de ônibus e estiver com algum problema na carteira de estudante ou vale transporte, prepare as pernas. O menor tempo para o atendimento na sede do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), na avenida Constantino Nery, bairro Centro, Zona Sul de Manaus, é de duas horas.

    Segundo os usuários de transporte público, para receber atendimento é necessário enfrentar grandes filas no local. Serviços como recadastramento, desbloqueio ou emissão de primeira carteira de estudante são os mais procurados, conforme apurou o Portal Em Tempo na última quarta-feira (12).

    Mãe e filha foram ao Sinetram com o objetivo de emitirem a primeira carteirinha estudantil da jovem. Elisabeth Dourado é microempresária e mãe da jovem Ana Dourado, de 17 anos. As duas contaram em entrevista que chegaram no sindicato às 13h, mas só conseguiram sair do local às 16h.

    | Autor:
     

    “Estamos em pé desde as 13h, o Sinetram não tem cadeira para aguardarmos o atendimento. Quem quiser beber água precisa comprar, pois no local não existe filtro/bebedouro. Precisamos enfrentar uma fila quilométrica para chegar até o guichê de atendimento e, enquanto não entramos, ficamos fora esperando - propícios à chuva e ao sol”, inforomou Elisabeth.

    Para a adolescente, ir ao Sinetram não foi uma boa experiência: “Meus amigos já haviam dito que era difícil o atendimento no sindicato. Agora, depois que vim e passei por isso, espero que não precise vir aqui no próximo ano”, disse a estudante.

    Outra usuária do transporte que estava na fila era a industriaria Sandra Ramalho. O serviço que ela precisava era o de desbloqueio da carteirinha de estudante.

    | Autor:
     

    “O atendimento para desbloqueio é mais rápido, eu esperei de aproximadamente 30 minutos. Eu demorei porque fiquei aguardando minha colega que estava na fila para tirar a primeira via da carteira estudantil da filha dela. Minha sugestão é que tenham pontos em outros bairros, e que em cada terminal tivesse atendimento. Porque só essa sede está muito sobrecarregada, eles não estão dando conta do atendimento”, revelou Sandra.

    O Em Tempo também conversou com quem ainda não tinha sido atendido, e estava na fila ao lado de fora, como é o caso da vendedora Jackeline Santiago.

    “Estou esperando mais de uma hora, para tentar tirar a primeira via da carteirinha. Estou com minha irmã, e pelo o que contamos tem umas 50 pessoas na frente dela. O local é muito pequeno, as pessoas ficam do lado de fora na chuva e no sol. Entendo que a demora do atendimento é por conta de poucos funcionários e o sistema é muito lento”, afirmou Jackeline.

    | Autor:
     

    Com o passar do tempo, enquanto a equipe de reportagem estava no local, a fila só foi aumentando. O fim da fila estava na lateral da sede e, durante a tarde, começou a chover. O estudante do terceiro ano Murilo Rodrigues estava do lado de fora da sede e, para ele, é necessário mais respeito com os usuários.

    “Eu vim tirar a segunda via da minha carteira de estudante. Cheguei aqui às 15h e até agora nada. Manaus uma hora chove e outra faz sol, quem vem para cá fica exposto a tudo isso. São poucos atendentes para muita gente em busca dos serviços. Fico imaginando quem só pode vir no horário de meio-dia, que o sol é escaldante. Esperar dessa maneira é um absurdo”, criticou o estudante.

    | Autor:
     

    "Então, se você estiver precisando ir ao Sinetram, descanse e leve sua garrafa com água para aguentar a espera primeiro do lado de fora, depois dentro da sede", desabafou o jovem.

    Resposta do sindicato

    Em nota, o Sinetram informou que está operando com a capacidade máxima de atendentes para dar celeridade ao processo de emissão de cartões Passa Fácil no período do recadastramento estudantil.

    O órgão destacou, ainda, que o recadastramento é realizado apenas pela internet, por meio dos sites estudantes.manaus.com.br ou sinetram.com.br e, nesse caso, a população não precisa se dirigir aos postos físicos.

    A fila do lado de fora do prédio segue pelo quarteirão
    A fila do lado de fora do prédio segue pelo quarteirão | Foto: Naylene Freire

    Sobre a emissão da primeira via e segunda via do cartão estudante, o Sinetram informa que pode ser realizada na Central (ao lado do T1) ou no Posto do Shopping Phelippe Daou (próximo ao T4) e orienta a população a procurar o posto mais próximo.