Fonte: OpenWeather

    Obras


    Recuperação do sistema viário de Urucará entra na reta final

    O município de Urucará também conta com a realização de obras de drenagem profunda

    Essa intervenção tem o objetivo de evitar que as ruas, continuem alagando nos períodos chuvosos | Foto: Divulgação

    Urucará- As obras de recuperação das ruas e avenidas do sistema viário do município de Urucará (a 281 quilômetros de Manaus) entram em sua fase final com os serviços de revitalização de 38 ruas, equivalente a 22,25 quilômetros, alcançando um percentual físico de 88% de obra pronta.  Essas obras foram retomadas em março de 2019 como parte do pacote de obras lançado pelo governador Wilson Lima e são executadas por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra).

    O município de Urucará também conta com a realização de obras de drenagem profunda para melhorar o escoamento das águas pluviais do Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) da cidade e de áreas circunvizinhas com a implantação de 1.760 metros de rede de drenagem profunda, com tubulação de 800 mm, construção de 17 caixas coletoras ou bocas de lobo com grelha de proteção em concreto armado. Essa intervenção tem o objetivo de evitar que as ruas, que estão sendo pavimentadas, continuem alagando nos períodos chuvosos.

    Os serviços de drenagem profunda incluem limpeza, escavação de vala, colchão de areia, assentamento de tubos e reaterro das valas. Conforme o titular da Seinfra, Carlos Henrique Lima, mesmo com o período de chuvas no estado, muitas obras seguem em andamento, como é o caso daquelas que estão sendo feitas nos municípios de São Gabriel da Cachoeira, Anamã, Barreirinha, Santa Isabel do Rio Negro, Manacapuru, entre outras.

    “Muitas obras dos sistemas viários do interior do estado estão com condições para serem realizadas nesse período chuvoso de nossa região, como é o caso de Urucará, que está com serviços adiantados para trabalhos que não são prejudicados por conta das chuvas. Vamos dar continuidade em muitas obras que incluem não somente os viários, mas as rodovias, ramais e prédios públicos”, explicou.

    *Com informações da assessoria