Fonte: OpenWeather

    Meio Ambiente


    Instituto Lixo Zero Brasil completa um ano de implantação em Manaus

    Amazonas será representado pelo embaixador do ILZB no estado, o biólogo Daniel Santos, que presentará as ações já executadas

    Com 10 de funcionamento no país, a criação do ILZB data do mesmo período em que foi instituída a Política Nacional de Resíduos Sólidos, pela lei número 12.305/10
    Com 10 de funcionamento no país, a criação do ILZB data do mesmo período em que foi instituída a Política Nacional de Resíduos Sólidos, pela lei número 12.305/10 | Foto: Divulgação

    Manaus - O Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB) completa 10 anos de atuação no país em 2020 e um ano de implantação em Manaus. O balanço dos projetos realizados e em execução, inclusive no Amazonas, serão apresentados em março, no III Encontro Nacional dos Embaixadores do Instituto Lixo Zero Brasil, em Florianópolis.

    O Amazonas será representado pelo embaixador do ILZB no estado, o biólogo Daniel Santos, que também é consultor e auditor credenciado pelo Instituto. Ele apresentará as ações já executadas e o planejamento para a realização, este ano, em Manaus, do II Encontro Municipal Lixo Zero. 

    O primeiro encontro foi realizado em maio de 2019, no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE/AM), reunindo mais de 500 pessoas. “O sucesso do evento apontou claramente que a população considera importante discutir a destinação do lixo”, afirmou Daniel Santos, que é também diretor da DAMATA Consultoria, empresa especializada em estudos, projetos e serviços nas áreas de meio ambiente, arquitetura e engenharia.

    Participaram como palestrantes, no encontro realizado em Manaus, representantes do Ministério Público de Contas (MPC/AM), do Conselho de Ações Ambientais do TCE, Secretarias Municipais de Limpeza Pública (SEMULSP) e de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMMAS), Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGE/PROSAMIM) e Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA/IPAAM). Os temas discutidos foram: Políticas Públicas; Estilo de Vida; Redução e Reuso, Compostagem, Educação e Conscientização Ambiental e Reciclagem.

    Com apenas um ano de funcionamento em Manaus, o ILZB já contabiliza importantes resultados. Daniel Santos destaca a realização do evento Tribuna Popular Lixo Zero, promovido na Câmara Municipal de Manaus, com apoio da Comissão de Meio Ambiente, tendo à frente o vereador Fransuá Matos.

    Cita, ainda, o apoio e suporte na criação do Projeto de Lei 114/19, que propõe a Semana Lixo Zero em Manaus. E a participação, como expositor e gestor dos resíduos sólidos, do II Seminário Internacional de Gestão Ambiental, promovido pelo TCE. Por conta das ações desenvolvidas, o seminário ficou apto a receber a certificação de evento lixo zero. Dessa forma, tornando-se o primeiro a receber essa certificação no Amazonas.

    As ações do ILZB podem ser acompanhadas no perfil do instagram @manaus_lixo_zero, que vem divulgando projetos, leis, cases de sucesso, dicas e empresas que atuam com resíduos sólidos no estado. 

    História

    Com 10 de funcionamento no país, a criação do ILZB data do mesmo período em que foi instituída a Política Nacional de Resíduos Sólidos, pela lei número 12.305/10. A entidade tem atuação voltada a disseminar o conceito lixo zero - a não geração de resíduos ou, quando gerados, que sejam reaproveitados e não apenas depositados nos aterros e lixões das cidades. “A entidade busca integrar sociedade, poder público e setor privado, para que possam colocar em prática e tornar público todas as ações que envolvem o tema”, ressaltou Daniel Santos.

    *Com informações da assessoria