Fonte: OpenWeather

    Resgate


    Mãe vai pular Carnaval e abandona bebê com síndrome de down no AM

    A bebê de dez meses com síndrome de Down foi resgatada dentro de uma rede por policiais e conselheiros tutelares de Manacapuru

    A bebê estava na rede sozinha e a casa estava trancada | Foto: Divulgação

    Manacapuru - Bebê de dez meses com síndrome de Down foi encontrada sozinha em casa dentro de uma rede, na noite de domingo (23), enquanto acontecia o Manacá Folia 2020, no município de Manacapuru.  Para participar da tradicional Banda Boulevard, a mãe da criança saiu e a deixou a criança sem supervisão de um responsável. Moradores indignados com a situação denunciaram o descaso à polícia. O resgate foi realizado pela ação conjunta do Conselho tutelar de Manacapuru e a Polícia Militar.

    Os conselheiros que atenderam a ocorrência foram Elivon Lira e Lukkas Serrão. Com o apoio da polícia, os homens tiveram que arrombar a porta e uma grade de proteção para resgatar a bebê.

    A bebê tem apenas dez meses de vida, e possui a síndrome de Down
    A bebê tem apenas dez meses de vida, e possui a síndrome de Down | Foto: Divulgação

    “Estivemos em atendimento durante a noite de domingo e madrugada de segunda-feira. Diversos casos de abandono de incapaz foram registrados. As mães deixaram suas crianças sozinhas em casa sem a supervisão de pessoas responsáveis maior de 18 anos e foram para o Carnaval. Entre os casos de abandono atendido pelos conselheiros, o que mais impressionou foi esse da criança com down de apenas 10 meses”, relatou o conselheiro Elivon.

    O Elivon explicou ainda que eles atuaram conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente, Art. 133, que diz que abandonar pessoa que está sob seu cuidado, guarda, vigilância ou autoridade, e, por qualquer motivo, incapaz de defender-se dos riscos resultantes do abandono, a pena de detenção é de seis meses a três anos.

    Foram resgatadas oito crianças em situação de abandono
    Foram resgatadas oito crianças em situação de abandono | Foto: Divulgação

    A mãe da criança, que não teve a identidade revelada, chegou à delegacia horas depois. Ela afirmou que havia saído apenas por alguns minutos. O caso será investigado pela Polícia Civil de Manacapuru. Durante o plantão, oito casos de abandono de incapaz foram registrados no município.