Fonte: OpenWeather

    Denúncia


    Moradores reclamam que falta médico na UBS do Colônia Santo Antônio

    O profissional fazia parte do Programa Mais Médicos, que sofreu mudanças do Ministério da Saúde e, com isso, foi desligado. Semsa diz que tenta resolver o problema

    A Unidade Básica de saúde fica localizada no bairro Colônia Santo Antônio, Zona Norte da capital | Foto: Naylene Freire

    Manaus - Os moradores da rua São Judas, localizada no bairro Colônia Santo Antônio, Zona Norte de Manaus, denunciam que a Unidade Básica de Saúde (UBS) N19 está sem médico há mais de uma semana, pois o único profissional que atendia na unidade foi desligado. Segundo os moradores, funcionários dizem que até o momento não houve substituição. O Portal EM TEMPO esteve na unidade e não encontrou nenhum médico no local.

    Na UBS, uma enfermeira atende os casos mais simples, como dores de cabeça ou abdominais. Se o motivo da procura é um pouco mais grave, como complicações associadas à hipertensão ou a diabetes. O paciente é orientado a buscar atendimento em um posto de saúde que tenha médico especialista ou em um hospital da capital.

    Moradores reclamam que estão sem médico na UBS
    Moradores reclamam que estão sem médico na UBS | Foto: NaYlene Freire

    "Infelizmente, estamos enfrentando um grande problema aqui, temos a casinha de saúde só que não tem o médico. O profissional fazia parte do programa "Mais Médicos", mas o contrato foi encerrado e o programa foi desativado. Por isso não tem médico no momento. A enfermeira da UBS informou que a unidade ficaria sem médico. Os moradores do bairro Colônia Santo Antônio precisam de atendimento," enfatizou o consultor de vendas e morador do bairro Robson Goiabeira

    O consultor de vendas, Robson Goiabeira reclama que os moradores não tem atendimento | Autor: Andreza Miller
     

    De acordo com a moradora Raimunda Nádia Alves de Almeida, existia um médico muito bom no local, mas, segundo ela, o período de contrato encerrou. "Agora os usuários estão sem atendimento. São idosos, mulheres e crianças que precisam com frequência de médicos, mas não conseguem marcar a consulta", destacou.

    Moradora do bairro, Raimunda Oliveira reclama da falta de médico na UBS | Autor: Andreza Miller
     

    Semsa

    Questionada sobre a denúncia da falta de médico na UBS, a Semsa informou que o médico fazia parte do "Programa Mais Médicos" e trabalhou normalmente até o mês de fevereiro. Porém, o período de vigência do contrato do profissional finalizou e no novo formato do Programa, definido pelo Ministério da Saúde, não contempla as capitais brasileiras, incluindo Manaus. 

    Contudo, a Secretaria informou que vem enviando esforços para suprir as lacunas ocasionadas pela descontinuidade do Programa.