Fonte: OpenWeather

    Conquista internacional


    Amazonense conquista campeonato de jiu-jitsu no Texas

    Amazonense conquistou a categoria 'absoluto' no campeonato internacional Austin Open 2020, realizado no último domingo (8)

    A história do faixa preta na arte suave começou aos 17 anos por incentivo da irmã
    A história do faixa preta na arte suave começou aos 17 anos por incentivo da irmã | Foto: Michel Ribeiro/ Divulgação

    Amazonas -O lutador amazonense de jiu-jitsu Michel Everton Ribeiro conquistou a categoria e absoluto no campeonato Austin Open 2020, no Texas, nos Estados Unidos, no último fim de semana. O campeonato é realizado anualmente pela Federação Internacional de Jiu-Jitsu (IBJJF), uma das mais importantes federações mundiais da modalidade.

    Michel conquistou o título na categoria adulto pesadíssimo contra um Americano. O amazonense lutou no último domingo (8), nas categorias pesadíssimas e absolutas, em uma espécie de Copa do Mundo da modalidade, que conta com os melhores atletas em atividade nos diversos continentes.  

    A história do faixa preta na arte suave começou aos 17 anos por incentivo da irmã. Mas, segundo o atleta, o gosto pelo esporte começou ainda criança. Antes de começar a treinar jiu-jitsu, Michel praticou natação, treinou capoeira e praticou luta-livre com o objetivo de estar sempre entre os melhores. O amazonense agora possui novos desafios e um deles é o World Champion em Las Vegas.

    Títulos

    O lutador amazonense faz parte da equipe Michel Ribeiro jiu-jitsu – USA, é personal Trainer e preparador físico de alguns atletas, como os campeões Luís Neto e Cristiano Ribeiro. Michel também é 10 vezes campeão amazonense de jiu-jitsu e também acumula os títulos de campeão brasileiro e mundial. Além de já ter conquistado títulos como o Austin Open Cat e Absoluto.  

    Com este currículo, o amazonense foi morar fora do país, tudo para se preparar melhor para as disputas e se qualificar como profissional. “Estou em uma das minhas melhores fases como atleta. Realizando sonhos e um deles será lutar o maior evento de jiu-jítsu do mundo que será em Las Vegas e já me vejo Campeão”, contou.

    *Com informações da Assessoria