Fonte: OpenWeather

    Prevenção


    Sinepe-AM recomenda que escolas privadas suspendam atividades

    A recomendação segue as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS)

    | Foto: Divulgação

    O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe-AM) emitiu um comunicado às instituições associadas e não associadas recomendando a suspensão das atividades por 15 dias. A recomendação segue as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), Prefeitura de Manaus e Governo do Amazonas para prevenção ao Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus (Sars-Cov-2).

    “Como forma de prevenir a propagação do Coronavírus e priorizar a saúde e bem estar dos estudantes, professores e colaboradores, o Sinepe-AM está indicando que as escolas privadas suspendam suas  atividades a partir desta terça-feira (17)”, informa a presidente do sindicato, Elaine Saldanha.

    Outra orientação da entidade é que durante o recesso as instituições realizem a desinfecção de suas unidades, evitando assim, possíveis comunicações virais após o retorno das atividades.

    Além disso, o sindicato também recomenda que as instituições comuniquem aos órgãos de saúde, a existência de aluno ou colaborador que esteja apresentando os sintomas da infecção, tendo esse viajado para Países com casos confirmados da doença, ou outros Estados da Federação, em igual situação.

    Nas últimas semanas o sindicato já vinha atuando de forma preventiva junto aos associados pedindo, através de circular, que orientassem pais e responsáveis para a importância de adotarem as medidas indicadas pelas autoridades de saúde para a prevenção de contágio do Coronavírus.

    *Com informações da assessoria