Fonte: OpenWeather

    Atendimento


    Atendimentos na Junta Médica-Pericial do Amazonas estão suspensos

    RHs dos órgãos do Estado deverão encaminhar à Junta Médica-Pericial, por e-mail, atestados e pedidos de licença

    Junta Médica-Pericial do Amazonas | Foto: Divulgação

    Manaus- A Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead), suspendeu os atendimentos na Junta Médica-Pericial do Amazonas pelo prazo de 15 dias. A medida tem como base o Decreto Estadual Nº 42.061, de 16 de março de 2020, e foi adotada para evitar a disseminação em grande escala e restringir os riscos causados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

    Por meio de portaria, além da suspensão do atendimento, fica definido que os setores de RH dos órgãos da administração estadual deverão encaminhar por e-mail à Junta Médica-Pericial ([email protected]) os atestados médicos e pedidos de licenças médicas recebidos para manifestação quando for obrigatória, nos termos da legislação vigente.

    A Sead também suspendeu as atividades da Escola de Gestão e Aperfeiçoamento do Servidor Público (Esasp), e os atendimentos presenciais no Arquivo Público do Estado do Amazonas (Apeam). Na secretaria, os atendimentos presenciais também foram suspensos pelo período de 15 dias.

    *Com informações da assessoria