Fonte: OpenWeather

    Empatia


    Coronavírus: farmácia de Manaus doa álcool em gel à população

    A medida foi tomada pelos donos da drogaria e disponibiliza 50 ml para cada pessoa que levar um pote para reposição

    A farmácia decidiu distribuir álcool em gel para moradores da periferia de Manaus
    A farmácia decidiu distribuir álcool em gel para moradores da periferia de Manaus | Foto: Bruna Oliveira

    Manaus - Em tempos de isolamento social e a correria por álcool em gel devido a pandemia do coronavírus, uma farmácia de Manaus anda na contramão de vendas e preços abusivos e vem dando exemplo de solidariedade. O estabelecimento, localizado na avenida Laguna, bairro Lírio do Vale, Zona Centro-Oeste de Manaus, está distribuindo 50 ml de álcool em gel, por pessoa, de forma gratuita.

    O empresário Hiago Nicolau, dono da "Farmácia do Preço Popular", explicou à reportagem que a distribuição começou quando o estoque de venda acabou e a procura pelo produto cresceu.

    “O nosso estoque de venda acabou e a distribuidora informou que tinha somente galões de 5 litros de uso hospitalar. Compramos para uso pessoal, mas, devido à grande procura, resolvemos distribuir de forma gratuita”, explicou. 

    A procura tem sido grande desde o momento que o Iago decidiu compartilhar a medida nas redes sociais. Ao todo, foram mais de 15 litros doados para consumidores que não conseguem comprar o produto, que está em falta desde o início da semana em várias farmácias e supermercados da capital amazonense.

    O empresário Hiago Nicolau afirma que é o momento de empatia e comoção pelo próximo
    O empresário Hiago Nicolau afirma que é o momento de empatia e comoção pelo próximo | Foto: Bruna Oliveira

    “Lancei no meu perfil nas redes sociais e a procura foi intensa. Teve toda a comoção por empatia mesmo. A gente está indo na contramão de outras empresas, não criticando, também sofremos com o aumento do preço, mas recebemos o feedback dos consumidores. Queremos ajudar ao máximo”, enfatizou Nicolau. 

    Os idosos são os que mais procuram pelo produto. O aposentado Pascoal Silva, de 69 anos, foi até a drogaria para comprar, mas saiu de lá com a boa notícia de que poderia voltar com o pote de 50ml para reposição. “Quero levar, pois vou para o sítio e não consigo encontrar em nenhum outro lugar. Estou preocupado”, disse Pascoal.

    A grande procura é confirmada pelo empresário. Ele ressaltou que todos os recipientes que chegam à drogaria são higienizados. 

    “Quem mais procura o produto são idosos, acompanhados dos netos. Estamos repondo um recipiente por pessoa porque pensamos em todos. Tem muitos vindo repor o frasco pois não encontram para comprar. Queremos ajudar mais”, declara o empresário.

    Veja o vídeo sobre novas informações do coronavírus no Amazonas