Fonte: OpenWeather

    Atualização


    Sobe para 11 o número de casos confirmados de coronavírus no Amazonas

    Os dados foram divulgados, neste sábado (21), pelo Ministério da Saúde. Até sexta-feira (20), o Amazonas tinha 7 casos confirmados

    Várias medidas estão sendo tomadas para conter o avanç da doença
    Várias medidas estão sendo tomadas para conter o avanç da doença | Foto: Divulgação

    Manaus - O número de casos confirmados do novo coronavírus subiu para 11 no Amazonas. A informação foi divulgada, na tarde deste sábado (21),  pelo Ministério da Saúde. Até sexta (20), o Estado tinha sete casos.

    Logo após o anúncio do MS, o Governo do Amazonas atualizou os dados nas redes sociais oficiais. Segundo o informe, 100 casos foram notificados até o momento, sendo 66 descartados, 11 confirmados e 23 em investigação.

    Várias medidas estão sendo tomadas para conter o avanço da doença no Amazonas. O prefeito de Manaus, Arthur Neto, interditou a praia da Ponta Negra, um dos principais pontos turísticos da cidade. 

    Também neste sábado, Wilson Lima assinou um decreto ordenando o fechamento de restaurantes, bares, lanchonetes, praças de alimentação e similares, pelo prazo de 15 dias.

    Com a decisão, boates e casas de show e de recepções, salões de festas, inclusive privados, parques de diversão, circos e estabelecimentos similares ficam proibidos de funcionar. A suspensão ainda se estende ao funcionamento de todas as igrejas, templos religiosos, lojas maçônicas e estabelecimentos similares.

    Já estabelecimentos que funcionem dentro de hotéis, pousadas e similares, podem manter as portas abertas; desde que os serviços prestados sejam exclusivamente para hóspedes, e que sejam observadas as recomendações das autoridades sanitárias.

    Os estabelecimentos comerciais poderão funcionar exclusivamente para entrega em domicílio e como pontos de coleta.