Fonte: OpenWeather

    Reuniões


    Sistema Sepror continua realizando reuniões via videoconferência

    Objetivo é diminuir os impactos do coronavírus no setor primário

    A primeira reunião aconteceu nesta segunda-feira (23) | Foto: Arquivo/Sepror e ADS

    Manaus- Considerando o Decreto 42.099, deste sábado (21), do Governo do Amazonas, que dispõe sobre medidas complementares temporárias para enfrentamento da emergência de saúde pública, decorrente no novo coronavírus, a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), juntamente com suas vinculadas Idam, Adaf e ADS, decidem fazer as reuniões semanais de integração do Sistema por videoconferência, visando dar continuidade aos projetos produtivos do setor e garantir segurança alimentar e nutricional para a população.

    A primeira reunião aconteceu nesta segunda-feira (23) e contou com a participação da Diretoria do Sistema e demais envolvidos. No encontro, foi debatida a agenda semanal e avaliada a situação da produção e comercialização da agricultura familiar.

    “Nós continuaremos mobilizados, planejando ações e trabalhando firmes para minimizar os efeitos da pandemia e garantir o fornecimento de alimentos à população. Sabemos que o setor agro será fundamental para retomada do crescimento econômico”, disse o secretário de Produção Rural, Petrucio Magalhães Júnior.

    O presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Flávio Antony Filho, destacou que a Agência está focada em manter o funcionamento dos programas para não comprometer a renda dos produtores locais. “Estamos discutindo a continuidade de aquisição dos itens da agricultura familiar e a possibilidade de compra dos produtos dos feirantes”, ressaltou Flávio. A realização das feiras, na capital e no interior, está suspensa por recomendação do Ministério da Saúde e decreto governamental.

    *Com informações da assessoria