Fonte: OpenWeather

    coronavrus


    Salas de vacinação são fechadas temporariamente em Manaus: entenda

    A medida de prevenção foi instruída pelo Ministério da Saúde e adotada pela Semsa

    A coletiva foi realizada na tarde desta segunda | Foto: Divulgação

    Manaus - Adeptos às medidas de prevenção de combate ao coronavírus, os responsáveis municipais da saúde realizaram, na tarde desta segunda-feira (23), uma coletiva on-line para comunicar algumas mudanças para conter o avanço do novo coronavírus. Entre as medidas drásticas está a intervenção nos postos de vacinação da cidade. A partir de hoje as salas de vacinas ficarão fechadas temporariamente para aquelas pessoas que precisam de vacinas comuns.

    O anúncio foi feito, pelo secretário municipal de saúde, Marcelo Magaldi, na sede da Prefeitura de Manaus, localizada na avenida Brasil, Bairro Compensa, Zona Oeste da capital. Com o intuito de evitar aglomerações, por meio de instrução do Ministério da Saúde, a Semsa fará a vacinação apenas para as pessoas do grupo de risco,  que começam a ser imunizados nesta terça-feira (24) com a vacina contra gripe comum.

    Entenda porque a campanha de vacinação foi adiada

    A campanha de vacinação contra a gripe que foi antecipada e era prevista para começar nesta segunda-feira(23), foi adiada para esta terça. O motivo do adiamento foi a forte chuva que caiu na capital amazonense, causando transtorno no trânsito e na infraestrutura da cidade. Vários pontos ficaram totalmente alagados e houve deslizamentos de terra

    Outra medida adotada pela Semsa será a vacinação em domicílio. A partir de hoje, as pessoas que preenchem o requisito do grupo de risco entram no link: imuniza.manaus.com.br e fazem um cadastro. Depois disso, a uma equipe de funcionários da saúde irá até a casa do paciente e imunizará a pessoa.

    Essa iniciativa além de evitar aglomerações, não permite que, principalmente, os idosos saiam de casa. Para o secretário, Marcelo Magaldi, as medidas de prevenção devem ser adotadas por todos.

    “Nossa equipe está trabalhando muito, incluindo no final de semana. Estamos preparando a campanha contra gripe para melhor atender o grupo de risco da capital. Em Manaus, idoso não sai de casa para receber a vacina contra a gripe. Sigam as instruções de limpeza”, disse o secretário.

    As pessoas de doença crônicas 

    A diretora de vigilância Izabel Ernandes explicou que, nesse período, pacientes com doenças crônicas também não vão precisar sair.

    “Aqueles que têm doenças crônicas, como por exemplo, pacientes que sofrem de hipertensão. Essas pessoas devem ir às Unidades Básicas de Saúde (UBS) e pegar os remédio para exatos três meses. Os funcionários das unidades já estão instruídos a fazer a distribuição. Isso vale para todos os pacientes crônicos”.

    A coletiva encerrou com a mensagem do secretário Magaldi, “lavem as mãos e fiquem em casa”.

    Assista na íntegra a live.