Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    No AM, detentas vão produzir 120 mil máscaras contra o Covid-19

    O ritmo de produção é acelerado na penitenciária feminina do Estado

    As máscaras estão sendo produzidas por detentas do regime fechado que trabalham para remição de pena
    As máscaras estão sendo produzidas por detentas do regime fechado que trabalham para remição de pena | Foto: TV Em Tempo

    Manaus - Em meio à pandemia do novo Coronavírus, a alta demanda por produtos de proteção fez o Governo tomar uma iniciativa inédita. Detentas do sistema prisional do Amazonas iniciaram a produção de 120 mil máscaras descartáveis.

    A estimativa é que sejam montadas 10 mil máscaras por semana
    A estimativa é que sejam montadas 10 mil máscaras por semana | Foto: TV Em Tempo

    Na penitenciária feminina de Manaus, o ritmo de produção é acelerado. No comando das máquinas de costura, as detentas iniciaram a montagem de 10 mil máscaras de proteção individual por semana, que serão destinadas pelo governo para pacientes do sistema de saúde, que apresentarem sintomas leves do novo Coronavírus, e aos profissionais da área.

    As máscaras estão sendo produzidas por detentas do regime fechado, que trabalham para remição de pena.

    A expectativa é que essa produção ultrapasse 120 mil unidades antes de serem distribuídas. Os equipamentos passarão por um processo de esterilização na Fundação de Vigilância Sanitária (FVS).

    A produção das máscaras ajudará na redução de pena das detentas
    A produção das máscaras ajudará na redução de pena das detentas | Foto: TV Em Tempo

    Além das máscaras, a Secretaria de Administração Penitenciária do Amazonas (Seap) também firmou uma parceria para a produção de 250 mil garrafas de álcool 70%, um dos itens de prevenção indicado pelas autoridades de saúde para uso contra o Coronavírus.

    Toda produção será enviada à Secretaria de Estado da Saúde, que ficará responsável pela distribuição aos agentes dos sistemas de saúde e de segurança pública.

    Confira a reportagem da TV Em Tempo:

    Assista à reportagem | Autor: Alex Costa/ TV Em Tempo
     

    Texto WEB: Marhia Edhuarda Bessa