Fonte: OpenWeather

    Coronavírus no interior


    Filas quilométricas em municípios do AM expõem população ao perigo

    Moradores de municípios denunciam aglomerações em filas de agências bancárias

    | Autor: Tatiana Sobreira/ WEB TV Em Tempo

    | Foto: Divulgação

    Amazonas - O novo coronavírus tem afetado milhares de pessoas, os motivos vão além da questão de saúde, uma vez que diversos trabalhadores estão desempregados e temem não conseguir sustentar seus lares. Por isso, recentemente, o Governo Federal disponibilizou o auxílio-emergencial no valor de R$ 600 para as famílias em situação de vulnerabilidade econômica. No Amazonas, o processo de saque desse recurso tem preocupado as autoridades em função das grandes filas que têm se formando nas agências bancárias. 

    Tendo em vista esse cenário, o programa ‘Comunidade’, apresentado pela jornalista Tatiana Sobreira através da WEB TV Em Tempo, desta sexta (17) reportou duas denúncias envolvendo moradores do interior do Estado que têm dificuldades maiores devido ao número reduzido de agências. 

    A primeira denúncia é sobre o município de Codajás (a 240 km em linha reta de Manaus). Os moradores da terra do açaí estão tendo que enfrentar filas enormes para conseguir ter acesso ao auxílio, isso porque a cidade só possui uma agência lotérica da Caixa e não consegue suprir a demanda. 

    A maior preocupação das autoridades diz respeito às aglomerações
    A maior preocupação das autoridades diz respeito às aglomerações | Foto: Divulgação

    Já em Urucará (a 348 km da capital), a população tem tido problemas com a dirigente da única agência da cidade, que fica dentro de um mercado. Segundo os moradores, a dona do empreendimento não tem dinheiro suficiente em caixa e, por isso, tem orientado a população a comprar produtos no local. Tal situação tem causado revolta na população, pois ela estaria agindo de má fé pagando quem a interessa. 

    As duas situações representam um problema sério de logística por parte das empresas. Apesar disso, a maior preocupação das autoridades diz respeito às aglomerações que têm sido formadas nesses municípios. Essas situações descumprem o isolamento social, principal medida de prevenção e contenção de contágio do novo coronavírus. 

    As denúncias foram feitas diretamente à produção da WEB TV Em Tempo pelo número (92) 98244-0840.

    Outras cidades 

    Centenas de pessoas se aglomeram em filas de agências bancárias
    Centenas de pessoas se aglomeram em filas de agências bancárias | Foto: Divulgação

    Além de Codajás e Urucará, outras cidades do Amazonas também têm causado preocupação nos órgãos de saúde. Centenas de pessoas nos municípios de Manacapuru, Coari e Eirunepé têm se exposto ao perigo com aglomerações em filas de bancos

    Confira mais detalhes das denúncias no programa Comunidade: 

    | Autor: Tatiana Sobreira/ WEB TV Em Tempo
     

    *Colaborou WEB TV Em Tempo/ Tatiana Sobreira