Fonte: OpenWeather

    Solidariedade


    Arquitetos e designers fazem ação para arrecadar alimentos no Amazonas

    Os mantimentos serão doados para seis instituições, que atuam em prol da população em situação de rua, mulheres, crianças e idosos em situação de vulnerabilidade

    A ação visa ajudar pessoas carentes nesse momento de pandemia
    A ação visa ajudar pessoas carentes nesse momento de pandemia | Foto: divulgação

    Manaus- Acostumados a realizar grandes projetos arquitetônicos, vários profissionais de arquitetura e decoração do Amazonas se uniram, neste tempo de pandemia do novo coronavírus (Covid-19), para construir uma corrente de solidariedade para ajudar pessoas que estão passando por necessidade na capital amazonense. 

    A campanha, intitulada "Juntos Somos +Arq", foi criada pelo arquiteto Romero Duarte, em Pernambuco. Em Manaus, a escolhida para encabeçar o time foi a designer de interiores Sihame Cruz, que contará com o apoio de vários logistas e Organizações Não-Governamentais (ONGs). O projeto visa arrecadar alimentos, roupas e fraldas, para doar a famílias carentes.

    Os mantimentos serão doados para seis instituições, que atuam em prol da população em situação de rua, mulheres, crianças e idosos em situação de vulnerabilidade.

    "A nossa ação é super jovem, ela começou no final da semana passada. Já existe uma ação que é nível Brasil, com os profissionais da área da arquitetura e designers de interiores. Realmente, estamos muito preocupados com a situação não só, durante a pandemia do novo coronavírus, principalmente pós-corona que vão ter vários impactos sociais e econômicos na nossa sociedade," enfatizou a designer de interiores.

    Sihame conta que conseguiu o apoio da classe em peso, todos os arquitetos participaram de um vídeo, postado nas mídias sociais. "Esse vídeo, pedindo colaboração está nas redes sociais e conseguimos grandes parceiros. O nosso intuito é arrecadar o máximo de roupas, alimentos e fraldas e fazer a distribuição nas zonas carentes da cidade".

    No primeiro momento,  Sihame Cruz recebeu o convite para encabeçar o projeto e chamou o time de Arquitetos do Amazonas. "Aceitei o convite e formulamos uma gerência do movimento no Amazonas. Vou destacar alguns nomes como; Raquel Reis, Elena Afonso, Tiene Castro, Claudia Nerling, Jean Almeida e Jean Farias," completou Sihame. 

    Sobre o projeto

    Conforme o criador da ação, Romero Duarte, a ideia surgiu há cerca de 15 dias, com um pequeno grupo de WhatsApp, com seis ou oito amigos, cuja ideia inicial era realizar um bazar e um leilão de vinhos. 

    “Acabou que arrecadamos 700 mil reais. Revertemos isso em EPIs para os hospitais públicos e também demos suporte com cesta básica para famílias mais vulneráveis”, explicou Duarte

    Duarte ressalta, ainda, que a ação adquiriu caráter nacional, em que Estados chaves se mobilizam para cuidar de sua região. “Cada Estado realiza suas próprias ações pontuais, enquanto vamos nos organizando nacionalmente para promover um super leilão”, destacou ele. 

    O leilão solidário é uma iniciativa de abrangência nacional que acontecerá nos dias 24, 25 e 26 de abril. Toda renda obtida será 100% revertida para o fundo ‘Transforma Brasil’. O objetivo é beneficiar 125 mil famílias que estão em situação de extrema vulnerabilidade. 

    Serão leiloados peças de design, móveis, objetos, obras de arte, tapetes e arte popular, doados por parceiros e lojistas, e selecionados pela curadoria do projeto. 

    Pontos de Coleta

    Para quem tem interesse de doar e participar dessa causa nobre, pode deixar qualquer tipo de alimento não perecível, roupas, materiais de limpeza e fraldas, nos pontos de coletas: Lojas Studio Casa, PortoBello, Dell Ano, Loja Brilho e Luz e Art Pedras.