Fonte: OpenWeather

    Projeto


    Para receber ‘Merenda em Casa’ responsáveis devem atualizar endereço

    Atualização na plataforma vai permitir que as entregas sejam feitas nas residências dos estudantes

    Os alunos receberão o alimento de forma Delivery
    Os alunos receberão o alimento de forma Delivery | Foto: Cleudilon Passarinho/Seduc

    Manaus - Para que o aluno da rede estadual receba o benefício do programa “Merenda em Casa”, pais de estudantes precisam atualizar o endereço do estudante, que deve ser feita por meio de um cadastro rápido no aplicativo Sasi. 

    O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, dará início à distribuição dos kits de alimentação escolar nessa primeira etapa por Manaus. A atualização na plataforma vai permitir que as entregas sejam feitas nas residências dos estudantes. Os endereços devem ser atualizados já a partir desta quarta-feira (22).

    Passo a passo

    Ao baixar o aplicativo Sasi, os estudantes, pais ou responsáveis devem estar de posse do número de matrícula de cada aluno da residência. Quem não realizar a atualização do endereço não receberá o benefício, que vai ser enviado por meio de um sistema “Delivery” para que sejam evitadas aglomerações. Os números de matrículas podem ser obtidos no boletim do aluno e serão disponibilizadas também no site da Secretaria de Educação: www.educacao.am.gov.br.

    Uma vez no Sasi, o próximo passo é escolher a opção “Cadastro Rápido”. Nessa área, serão inseridos o nome do aluno, o código do Sigeam (Sitema Integrado de Gestão Educacional do Amazonas), a data de nascimento, o nome da mãe, o telefone de contato, o endereço de entrega, a cidade e o CEP.  É importante que as informações sejam revisadas antes de enviadas. Após a atualização do cadastro, o usuário já estará apto a receber o kit do “Merenda em Casa”.

    Além do número de matrícula, é fundamental que o cadastro seja feito no endereço em que será realizada a entrega, para que a ferramenta de georreferenciamento faça a leitura das coordenadas. “Isso significa que nós precisamos que as pessoas de fato estejam fazendo o cadastro em casa, onde querem receber o kit, porque as coordenadas serão captadas pelo aplicativo para que a entrega seja feita com exatidão”, explicou o secretário de Educação, Luis Fabian Barbosa.

    Com a atualização dos dados de endereço, a equipe de logística fará o planejamento da melhor maneira de distribuição desses kits. “Essa atualização é necessária, porque nossos bancos de dados de endereços desatualizam a cada dia com o fluxo que temos. Hoje, o mais seguro para garantir o acesso de todos os benefícios é fazer essa atualização”, afirmou Luís Fabian.

    Central de Atendimento

    A prioridade para a atualização do endereço será por meio do aplicativo. No entanto, a Secretaria vai disponibilizar uma Central de Atendimento para auxiliar aqueles que não tiverem smartphone ou internet. O atendimento poderá ser feito por meio de ligações telefônicas e aplicativos de mensagens como Whatsapp.

    O serviço funcionará das 8h às 22h, por meio dos contatos (92) 98400-5142 (WhatsApp) e 0800-046-4632 (Central de Atendimento). 

    No interior

    Os alunos do interior do estado também serão atendidos pelo Programa. Nos 61 municípios que integram o Amazonas, os kits serão entregues na própria escola, mediante agendamento, dentro das normas de segurança. Mais informações a respeito da distribuição nessas localidades serão anunciadas nos próximos dias.

    “As cidades próximas a Manaus receberão kits prontos. Para os municípios mais distantes, a Secretaria disponibilizará verba para aquisição dos produtos por vendedores locais, o que vai movimentar a economia dos municípios”, destacou Luís Fabian. No interior, o Kit deverá chegar a 120 mil estudantes.

    *Com informações da assessoria 

    Confira a reportagem da TV Em Tempo: 

    | Autor: Patrícia de Paula/ TV Em Tempo