Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    Em Manaus, profissionais de saúde não conseguem fazer teste rápido

    Os profissionais contestam a falta de suporte

    | Autor: TV Em Tempo

    Os profissionais reclamam da falta de suporte
    Os profissionais reclamam da falta de suporte | Foto: TV Em Tempo

    Manaus - Os profissionais de saúde estiveram, na tarde de quarta-feira (22), no prédio do curso de enfermagem da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). No local, o centro de triagem atende enfermeiros, médicos, técnicos de enfermagem e outras categorias que trabalhavam diretamente no enfrentamento da Covid-19 para realização de testes rápidos.  Os profissionais reclamam da falta de suporte do Governo.

    Karen, que é enfermeira, diz que tentou fazer o cadastro no aplicativo Sasi há dois dias. Ela compareceu no prédio para fazer o teste rápido, mas não recebeu atendimento.

    Nos últimos dias, o centro de triagem recebeu muitas solicitações
    Nos últimos dias, o centro de triagem recebeu muitas solicitações | Foto: TV Em Tempo

    Em nota, a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) disse que a data da testagem é informada pelo aplicativo e que é necessário o solicitante aguardar a mensagem automática enviada na plataforma.

    Nos últimos dias, o centro de triagem recebeu uma demanda elevada de solicitações, o que tem deixado o agendamento para o teste rápido mais lento.

    *Texto WEB: Marhia Edhuarda Bessa

    Confira a reportagem da TV Em Tempo:

    | Autor: TV Em Tempo