Fonte: OpenWeather

    Limpeza pública


    Lixo no Lixo! Cuidados necessários durante a pandemia

    Veja quais os cuidados com o lixo produzido por quem está com Covid-19 e as diferenças entre resíduo e entulho.

     De acordo com a Semulps, todo morador é responsável pelo lixo e o entulho que gera
    De acordo com a Semulps, todo morador é responsável pelo lixo e o entulho que gera | Foto: Reprodução


    Manaus- Com muitas pessoas em casa nessa quarentena, é comum acontecer aquela “faxina de fim de ano”. São descartados móveis velhos, caixas,

    galhos de árvores, eletrodoméstico que não funcionam e todo o tipo de material que acaba virando lixo. O problema em questão é, onde fazer os descartes desse entulho no

    período da pandemia? É correto deixar na calçada? A Secretaria

    Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) conversou com o EM TEMPO e orientou

    a população sobre o que fazer.  

    Recebemos denúncias de moradores do bairro Cidade Nova, núcleo 3, que algumas pessoas estavam aproveitando o período de reclusão para limpar a casa e o lixo produzido, elas jogam na calçada. Além de

    causar transtornos, dificultando a passagem de pedestres, esses entulhos que são de

    responsabilidade do proprietário da casa, colaboram para atrair ratos, baratas e outros bichos.

    A moradora do bairro, Maria Viana tem uma vizinha que

    resolveu fazer a faxina geral e agir dessa foram. Para ela isso é errado. “Eu disse a minha vizinha que não fizesse isso, pois, estamos

    no período de chuvas. O entulho em frente a casa dela poderia acumular água e

    causar outras doenças como dengue e malária. Ela disse que a casa é dela e  faz o que quiser. Fico pensando, já estamos tendo o cuidado de prevenir contra o

    coronavírus, ainda mais essa. Quando chove fica imunda a rua, porque descem partes do lixo”, informou Maria.  

    Joana não tem a mesma opinião, para ela a prefeitura é a responsável

    por fazer a limpeza. “Eu pago meus impostos, tenho que fazer o trabalho da

    prefeitura agora? Negativo. Estou nessa quarentena, não tenho mais o que fazer,

    eu limpei minha casa e deixei o lixo arrumado em frente de casa. Falei com os

    homens que trabalham na coleta de lixo, eles disseram que não é com eles. Não

    vou ficar com lixo em casa, porque sujeira também adoece”, contou revoltada, a mulher.

    Serviços de varrição, coleta domiciliar, mutirão estão funcionando como de costume
    Serviços de varrição, coleta domiciliar, mutirão estão funcionando como de costume | Foto: Divulgção/ Semulsp

    Alguém em casa está com Covid-19? Saiba como descartar o lixo

    Para os pacientes que seguem em tratamento domiciliar a atenção é dobrada. É importante dobrar os cuidados na hora de jogar o lixo durante a pandemia. Afinal a saúde de todos é prioridade no momento. Além de utilizar dois sacos para o descarte, tudo deve estar bem fechado. Nos resíduos não devem conter líquidos. Restos de vidros devem ser embalados por papel ou jornais, antes de irem para a lixeira. 

    Se na casa, têm pessoas que não estejam infectadas, os lixos devem ser separados; Não há necessidade de separar lixo comum do reciclado; Tampas de lixeiras, internas e externas devem ser limpas com frequência;   O lixo deve ser colocado para fora, nas horas da coleta do caminhão de lixo. 

    Lixo e entulho

    Existe uma diferença entre lixo e entulho: lixo são sobras, materiais descartáveis do dia a dia e afins e entulho são materiais como resíduos de construção, móveis antigos e eletrodomésticos.

    Nesse período de pandemia todos os órgãos precisaram se

    adaptar e trabalham de maneiras diferentes. O coletores de lixo, por exemplo,

    não podem deixar de trabalhar porque a coleta se enquadra em necessidades

    básicas de limpeza. Varrição, coleta domiciliar e mutirão estão funcionando

    como de costume. 

    O serviço de coleta de entulho funciona por agendamento mas está suspensos no momento. Segundo a Semulsp, o ato é uma maneira de evitar aglomeração e prevenir a contaminação do coronavírus. 

    Lembrete

    Vale lembrar que todo o morador é responsável pelo lixo e o

    entulho que gera. Se o entulho for pequeno, deve ser ensacado e

    disponibilizado para o carro de coleta. Não esqueça, formar lixeiras viciadas ou

    entulho em via pública é crime passível de multa no valor de R$ 1.017,00 e pode dobrar em caso de reincidência.

    Confira dicas de prevenção ao coronavírus:

    Coronavirus

    >