Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Passa de 3 mil o número de infectados por Covid-19 no Amazonas

    Nas últimas horas, 306 novos casos foram confirmados pela FVS

    Evitar aglomeração e contato físico é fundamental para evitar a doença
    Evitar aglomeração e contato físico é fundamental para evitar a doença | Foto: Lucas Silva/Em Tempo

    Manaus-  Confirmados 3.194 casos de Covid-19 no Amazonas. São 306 novos casos contabilizados nas últimas horas na região. O novo coronavírus já chegou em 41 municípios do Estado. A situação do interior mais crítica é a de Manacapuru, onde foram registrados 247 pacientes com a doença

    O boletim informativo foi apresentado pela diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Rosemary Pinto e o secretário Executivo de Atenção Especializada do Interior, Cássio Espírito Santo. Ambos. se mostraram emocionados durante a coletiva on-line desta sexta-feira (24) e agradeceram às equipes pelo trabalho árduo realizados durante essa pandemia.

    “Não  temos folga e nem fim de semana. Estamos trabalhando continuamente na linha de frente, no combate ao coronavírus. Estamos muito preocupados com o avanço da doença no interior do Estado. Precisamos ficar em casa” enfatizou Rosemary.

    Pacientes

    Pessoas que estão fora do período de transmissão, são 1.037. De acordo com a FVS, elas já estão fora do perigo provocado pela Covid-19. No entanto, 1.642 seguem o tratamento em isolamento domiciliar. O Laboratório Central contabiliza, ainda, 1.744 amostras que estão em análise de resultado.

    Internados com a Covid-19 são 260, e destes 137 estão em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nos hospitais, ainda existem 790 pessoas internadas com suspeita mas  que aguardam a análise e investigação da doença. Desse grupo, 345 estão na UTI.

    Das Mortes

    Manaus está com 2.481 infectados e 207 mortes confirmadas oficialmente pela doença. O interior soma 713 contaminados e 48 mortes. Totalizando, 255 mortes por coronavírus no Amazonas. De acordo com Rosemary esse número tende a crescer nos próximos dias.

    “Não é uma boa notícia, não gostaríamos de dizer que as pessoas estão morrendo. Mas nas próximas semana será ainda mais difícil. A instrução ainda é ficar em casa. Não sabemos quem tem a doença. Qualquer um pode estar contaminado. O vírus é invisível, qualquer pessoa pode transmitir. A única alternativa é ficar em casa, lavar sempre as mãos, utilizar da etiqueta respiratória na hora de espirrar (colocar o rosto na curva do braço)”, finalizou a diretora-presidente.


    Confira dicas de prevenção ao coronavírus:

    Coronavirus

    >