Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    Arthur Neto pede ajuda de governo português para combate a Covid-19

    Portugal sai oficialmente do estado de emergência nesta segunda-feira (4)

    Arthur afirmou que endereçou um vídeo ao primeiro-ministro português | Foto: Semcom

    Manaus e Portugal- Em novo apelo, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, pediu ajuda ao Primeiro-Ministro português, António Costa e lamentou a falta de ajuda do Governo Federal no enfrentamento da crise da Covid-19 no estado.  Durante reportagem exibida pelo canal de televisão português TVI, neste sábado (2), Arthur afirmou que endereçou um vídeo ao primeiro-ministro português.

    Portugal sai oficialmente do estado de emergência nesta segunda-feira (4) e com novas medidas de proteção, porém com uma maior flexibilização da quarentena. António Costa anunciou a ‘estabilização do número de óbitos’ e também o ‘progressivo e consistente aumento’ do número de doentes recuperados. "Nestes dois meses passamos de uma fase de crescimento exponencial para uma fase com risco de crescimento controlado", declarou.

    O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, também enviou neste sábado(2) um vídeo institucional à ativista ambiental sueca Greta Thunberg, cujo conteúdo é um apelo para que, com sua influência mundial, a ambientalista possa ajudar a angariar recursos que ajudem Manaus no combate ao novo coronavírus. “É um SOS ao Amazonas”, definiu.

     Com o agravamento diário no sistema de saúde e funerário na capital do Amazonas, o prefeito tem buscado expor essa situação ao país e ao mundo, com o intuito de buscar auxílio de equipamentos, médicos e medicamentos.

    A ativista ambiental sueca Greta Thunberg, de 17 anos, foi escolhida como Personalidade do Ano pela revista norta-americana Time. A imagem de capa da publicação traz a jovem perto do mar junto da frase "o poder da juventude". Greta está desde Quinta-feira passada, dia 5, em Madri, onde participa da Conferência do Clima da ONU. Ela se tornou um símbolo da luta contra as mudanças climáticas e virou uma celebridade nesse meio. Na COP, toda vez que aparece causa comoção: pessoas tentam se aproximar o tempo todo e os eventos que participa ficam lotados, com filas do lado de fora.