Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    Delegado da PC do Amazonas morre em decorrência do coronavírus

    Dr. Antônio Manoel Maduro, 67, morre neste domingo (3) devido complicações causadas pelo novo coronavírus (Covid-19)

    Maduro estava internado há quinze dias em um hospital particular situado na Zona Sul de Manaus
    Maduro estava internado há quinze dias em um hospital particular situado na Zona Sul de Manaus | Foto: divulgação

    Manaus - O delegado aposentado da Polícia Civil do Amazonas (PC), Dr Antônio Manoel Maduro, 67, morre neste domingo (3) em decorrência de complicações causadas pelo novo coronavírus (Covid-19).

    Maduro estava internado há quinze dias em um hospital particular situado na Zona Sul de Manaus lutando contra a doença. O sepultamento será realizado na manhã desta segunda-feira (4), no Cemitério São João Batista, Zona Centro-Sul de Manaus.

    O delegado era um dos membros fundadores da Associação dos Delegados de Polícia do Estado do Amazonas (Adepol-AM) e possuía mais de 20 anos de serviços prestados à Polícia Civil do Amazonas.

    A Polícia apresentou nota de pesar em homenagem ao delegado. “Aos familiares e amigos, a delegada-geral da Polícia Civil do Estado, Emília Ferraz e o delegado-geral adjunto da instituição, Tarson Yuri Soares, manifestam solidariedade neste momento de luto”.

    A Adepol-AM também decretou luto oficial de três dias. “Maduro sempre será lembrado pela sua competência e pelo exemplo de carreira construída ao longo de sua jornada, tanto como servidor público, como pai, esposo, amigos e profissional de segurança pública”.