Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    Em Parintins, preso testa positivo para a Covid-19 e é isolado em cela

    O interno dividia a cela com apenas um interno, que não apresentou nenhum sintoma até o momento, mas também foi isolado

    | Autor: Ocimar Lima/ TV Em Tempo

    A Fundação de Vigilância em Saúde monitorou o local no último sábado (2)
    A Fundação de Vigilância em Saúde monitorou o local no último sábado (2) | Foto: TV Em Tempo

    Parintins - A Unidade Prisional de Parintins (UPPIN), distante 369 quilômetros de Manaus, registrou o primeiro caso de coronavírus em um detento na última sexta-feira (1º). Segundo informações do Governo do Amazonas, o estado de saúde do interno é considerado estável. Ele estava isolado desde que apresentou os primeiros sintomas da Covid-19.

    O detento começou a apresentar os sintomas na última quarta-feira (29). Ele foi levado à unidade de saúde por duas vezes e liberado em seguida. No segundo atendimento, o médico solicitou o teste rápido para o novo coronavírus. O exame foi realizado na sexta. A direção da UPPIN isolou o interno infectado com o vírus logo após as primeiras manifestações da Covid-19.

    | Foto: TV Em Tempo

    De acordo com o Governo, ele dividia a cela com apenas um interno, que não apresentou nenhum sintoma até o momento, mas também foi isolado. Segundo o diretor da unidade prisional, Aluízio Cerdeira, a suspeita é que o interno tenha mantido contato com um servidor, afastado ao testar positivo para Covid-19 no dia 19 de abril. "Não há nenhum outro caso suspeito dentro do presídio", afirmou o governo estadual.

    Por precaução, a direção da UPPIN acertou com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) um monitoramento na unidade prisional. 

    | Autor: Ocimar Lima/ TV Em Tempo
     

    *Texto WEB: Marhia Edhuarda Bessa