Fonte: OpenWeather

    Adoção


    Depois de abandonado, filhote de cachorro busca novo lar em Manaus

    Cadela foi deixada em frente a Sepror. E sem condições de cuidar funcionários realizam campanha de adoção consciente

    A filhote não tem raça definida, é dócil e gosta de brincar | Foto: Ruth Jucá/ ADS

    Manaus- Que tal uma companhia durante esse período de quarentena? Uma cadela filhote foi abandonada na frente da Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror) situada na avenida Carlos Drummond de Andrade, nº 1.460, Bloco G, Conjunto Atílio Andrezza, Bairro Japiim, Zona Sul de Manaus. No local, ela tem recebido alimentação e água dos funcionários do órgão. Sem poder levar para casa, os servidores abriram uma campanha na internet para conseguir um lar para a cachorrinha. Dócil e brincalhona, os colaboradores da Sepror esperam que a filhote encontre o mais rápido possível uma família.

    O animal que ainda não tem nome, tem recebido cuidados de várias pessoas diferentes. Ainda não vermifugada, a cadela tem passado as últimas semanas enfrentando chuva e sol, com um abrigo improvisado pelos funcionários. O intuito da adoção, é encontrar um lugar seguro para este filhote e que ela receba a atenção necessária. A responsável pela campanha na internet é a fotografa da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Ruth Jucá. Também protetora dos animais, Ruth está na torcida pela fêmea.

    “Na Sepror tem duas cadelas vira-latas adultas. Alguém abandou esse filhote na rua e elas levaram a cadela para secretaria. Dali em diante, a cachorrinha ficou sendo alimentada por nós. Ela tem entre três ou quatro meses, muito bebê ainda. Não poso levar para casa, pois moro em apartamento. Damos água e ração, mas a ideia é que ela consiga de fato um lar. Tenho medo que seja atropelada, pois é uma cadela muito carinhosa, boa e fofa”, disse a fotografa.  

    Adoção consciente

    Quem tiver interesse em adotar a filhote de raça não definida, olhos castanhos claro, dócil e carinhosa pode entrar em contato com a servidora Ruth Jucá por meio do número: (92) 98114-7596. Vale lembrar que adoção de animais deve ser feita de maneira responsável e consciente para que no futuro não haja um novo abandono. Adotar é um ato de amor, não compre adote.