Fonte: OpenWeather

    Operação


    No Amazonas, PF prende três por transporte de drogas em aviões

    As prisões foram feitas nos municípios de Apuí e Coari no porto Urucu

    Este avião foi apreendido na operação, além de drogas e armamento | Foto: Divulgação/PMAM

    Manaus- A Polícia Federal (PF) prendeu três homens no interior do estado do Amazonas, nas últimas 48h, durante ação conjunta das agentes de segurança. Na luta contra a criminalidade na região Norte, a operação contou com o apoio do Grupo Especial de Fronteira (GEFRON-SESP-MT), da Força Aérea Brasileira (FAB) e da Polícia Militar do Amazonas (PMAM).  

    O início da captura começou no município de Apuí no último domingo (17). No local, a polícia conteve homens que atuavam no crime de tráfico internacional de drogas. Foi necessário a utilização de aeronaves para este feito. Foram apreendidos uma aeronave, modelo Beechcraft Baron de prefixo PT-LRM, um veículo Toyota Hilux de cor branca placa NCH 2573, uma pistola nove milímetros com munições do mesmo calibre, vários tambores de gasolina de aviação (AVGAS), diversos equipamentos de comunicação e navegação, além de dinheiro em espécie.

    Durante a prisão, foi verificado que um dos suspeitos possuía um mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro. O outro homem foi preso pelo porte ilegal de arma de fogo. Ambos já estavam sendo monitorados pela polícia, que agiu pegando em flagrante a dupla.

    Em Coari

    Já na cidade de Coari, os policiais militares atuaram nessa operação como coadjuvantes. Sob o comando da Polícia Federal, a FAB, o GEFRON-MT e a PM, a interceptação foi feita pelo ar na segunda-feira (18). A-29 Super Tucano da FAB foi usada para esta prisão.

    A aeronave suspeita, modelo Piper Seneca de prefixo PT-VGF, foi acompanhada até o pouso forçado no Aeroporto do porto Urucu, que está localizado a quatro quilômetros do centro de Porto Urucu e 470 quilômetros do centro de Coari. Após a aterrissagem, o piloto foi preso em flagrante e com ele apreendido uma grande quantidade de drogas.

    Sobre a prisão

    Os três homens vão responder pelos crimes de: Tráfico Internacional de Drogas; Associação para o Tráfico de Drogas; Prisão por Mandado; Ocorrências de Natureza Diversa; Porte ou Posse Ilegal de Arma de Fogo de Uso Restrito ou Proibido. A operação segue em andamento e deve efetivar novas intervenções. Para denunciar alguns desses crimes citados acima, entre em contato pelo número: 0800-646-1402.