Impacto Covid-19


Debate virtual discute impacto econômico causado por covid no AM

A discussão será promovida por deputado em parceria com economistas

O deputado espera que  discussões com especialistas, consultores econômicos e professores de universidades, possam sair algumas sugestões e propostas ainda a serem implementadas para o período de pandemia e pós-pandemia
O deputado espera que discussões com especialistas, consultores econômicos e professores de universidades, possam sair algumas sugestões e propostas ainda a serem implementadas para o período de pandemia e pós-pandemia | Foto: Reprodução

Às 18h desta quinta-feira (21), será realizado debate virtual com economistas do Estado sobre “A crise provocada pela Covid-19 na Economia”. A autoria do encontro é do deputado federal José Ricardo (PT/AM), que também é economista, onde se discutirão as políticas públicas na área econômica para o enfrentamento da crise sanitária causada pelo novo Coronavírus na região.

Para o deputado, juntamente com os debates e cobranças em torno da melhoria das políticas na saúde pública, é importante avaliar também as recentes políticas econômica e de ajuda aos trabalhadores brasileiros e amazonenses, como o Auxílio Emergencial, medidas de apoio às micro e pequenas empresas e empreendedores individuais, bem como políticas de redução da jornada de trabalho e de redução de salários impostas pelo Governo Federal. Além disso, Governo do Estado e Prefeitura de Manaus também deveriam estar debatendo com setores da sociedade, na busca de propostas para proteção da vida e redução dos impactos na economia.

“Estamos reunindo com economistas do Estado e da região para fazer esses debates. Essas políticas adotadas estão surtindo efeito, no sentido de fazer com que os trabalhadores cumpram com o isolamento social, imprescindível na redução da pandemia? O Governo, os estados e os municípios precisam garantir o mínimo para o sustento das famílias mais vulneráveis, que estão sem renda ou que ficaram desempregadas nesse período, bem como a situação das micro e pequenas empresas, com políticas para reduzir os impactos na economia e a manutenção de empregos. E muitas ainda são as críticas nesse sentido, principalmente, por conta das políticas adotadas pelo Governo Bolsonaro, que se manifesta contra o isolamento social e, por meio de medidas provisórias, penaliza mais ainda os trabalhadores e o mercado”, declarou José Ricardo.

Ele espera que dessas discussões com especialistas, consultores econômicos e professores de universidades, possam sair algumas sugestões e propostas ainda a serem implementadas para o período de pandemia e pós-pandemia.

“É importante dizer que a crise vivida hoje no mundo todo não é de natureza econômica, mas de saúde pública. Precisamos priorizar a vida e buscar meios para minimizar os impactos na economia, que não será pequeno, com uma recuperação bem lenta. E serão muitos os desafios de todos os governantes. É mais racional deixar de gerar riqueza agora para minimizar as mortes e ganhar vidas mais à frente. A economia se recupera, vidas pedidas, não”.

*Com informações da assessoria