Fonte: OpenWeather

    Reflexos da pandemia


    Turismo no AM continua suspenso e trabalhadores aguardam reabertura

    As agências já estão abertas, porém, aguardam os decretos de reabertura para voltarem a operar pacotes de passeios e viagens pelo Estado

    O transporte Fluvial segue suspenso
    O transporte Fluvial segue suspenso | Foto: Divulgação

    Manaus – É incalculável o número de pessoas que não veem a

    hora da quarentena acabar e tudo voltar ao normal. Mesmo com o turismo suspenso

    neste período de enfrentamento à pandemia da Covid-19,  a busca por informações sobre passeios,

    viagens e passagens aéreas continuou. Em respeito ao Decreto 42.330, fica vedado nesta quarentena, a

    comercialização de pacotes turísticos com passeios ou visitações às unidades de

    conservação, comunidades indígenas e ribeirinhas.

    Apesar das agências de

    turismo fazerem parte 1⁰ ciclo plano de reabertura gradual das atividades

    comerciais, e estarem autorizadas a abrirem as portas desde o dia 1º de junho, a

    portaria 32/2020 da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) continua em

    vigor. A referida portaria suspende as visitações a Unidades de Conservação

    Estaduais, no Amazonas, para conter a propagação do novo coronavírus (Covid-19).

    Cachoeira do Mutum em Presidente Figueiredo
    Cachoeira do Mutum em Presidente Figueiredo | Foto: Divulgação/RN Turismo

    Para a diretora

    executiva da agência de Turismo Rio Negro Tour Elizangela Sousa, o isolamento social trouxe novos clientes.

    Apesar de não poder realizar seu trabalho, a diretora relatou sobre a grande procura

    das pessoas em turistar pelo Amazonas.  De

    acordo com ela, o número de interessados na região cresceu nos últimos meses.

    “Tivemos bastante procura pelo turismo local. Estamos em

    isolamento social ainda, mas sempre mantendo contato com os clientes, os guias

    de Presidente Figueiredo e com os proprietários das lanchas que realizam o

    safari amazônico. Estamos confiantes mas também cautelosos. Vamos aguardar a

    reabertura do próximo ciclo para voltarmos ao trabalho e cumprir com as medidas

    de prevenção”, contou Elisangela.

    Reunião sobre a reabertura

    Uma vídeo conferência foi realizada nesta terça-feira (16)

    com secretários e dirigentes do setor dos sete

    polos que integram o novo Mapa do Turismo Brasileiro. A presidente da Empresa Estadual de Turismo do

    Estado do Amazonas (Amazonastur), Roselene Madeiros participou do evento. Entre

    as estratégias apresentadas pela Amazonastur estão o Protocolo de Biossegurança dos Serviços

    Turísticos, e o assessoramento aos municípios da Região Metropolitana (RMM),

    entre outras iniciativas.

    “Nós queremos deixar

    claro que toda a base do protocolo é fruto de pesquisa junto aos principais

    órgãos de saúde do mundo e de estudos realizados pelos principais polos

    turísticos internacionais. Deixo claro que tudo foi feito e colocado de acordo

    com a nossa realidade regional. É um estudo que vai nortear as agências de

    turismo, os hotéis, os barcos-hotéis, enfim, dar um suporte ao trade para que

    se atente à segurança do operador e do turista que vem nos visitar”, comentou a

    presidente.

    Atenção

    Vale lembrar que o transporte fluvial de passageiros continua suspenso, assim

    como a visitação a comunidades indígenas e ribeirinhas em Unidades de

    Conservação (UCs). Aquele que descumprir o decreto governamental pode ser

    penalizado na forma da lei. 

    Leia Mais: Prefeito de Manaus entrega complexo viário da Constantino dia 29

    Restaurantes reabrem e renovam esperanças de consumidores e empresários  

    Careiro Castanho inicia a segunda etapa da flexibilização do isolamento

    Confira dicas de prevenção ao coronavírus:

    Coronavirus

    >