Fonte: OpenWeather

    Sistema Acadêmico


    Alunos do IFAM- Distrito esperam por diplomas há mais de seis meses

    De acordo com as denúncias dos universitários, a instituição tem dificultado os trâmites legais para fazer a colação de grau mesmo antes da pandemia

    | Foto: Reprodução

    Manaus- Aguardando apenas a colação de grau, alunos de diferentes cursos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas- Ifam (Campus Distrito Industrial ), estão esperando pelo diploma há seis meses. Os universitários entraram em contado com o EM TEMPO com o intuito de denunciar  o problema que se perdura, e tem prejudicado de várias maneiras os estudantes. 

    Segundo os alunos, empregos, bolsas de estudo para pós graduação e mestrado foram perdidos pela ausência do diploma. Os estudantes que concluíram os cursos em dezembro de 2019 aguardavam  apenas a formatura para oficializar a formação acadêmica. Antes da pandemia, no calendário acadêmico estava previsto que as colações de grau fossem realizadas no mês de março de 2020. Porém tudo mudou.

    “Nunca pensei passar por uma situação dessas no Ifam. Como uma instituição nomeada, respeitada e federal me decepcionei demais. Acreditei que estaria estudando em uma das melhores do Amazonas mas a realidade não é essa. A gota d’água foi o diploma. Já tive vários problemas, um deles eu já havia cursado a disciplina mas no sistema não constava. Eu só preciso do meu diploma. Estudei muito para isso”, disse a estudante que prefere não se identificar por medo de represália.

    Para esta jovem que preferiu não revelar o nome, além da decepção acadêmica com o instituto, as dificuldades acabaram acarretando problemas emocionais. Diante de muitos conflitos, existe um registro de um Boletim de Ocorrência, lembranças ruins e muita tristeza envolvida.  O que ela deseja é apenas sair da unidade de ensino.

    Outro caso

    No curso de Engenharia de Controle e Automação não é diferente. Aline Sousa, aguarda um posicionamento oficial do Ifam quanto a data da colação. A estudante não compreende porque a instituição não se adaptou ao método remoto para formaturas como outras unidades de ensino superior.

    “Não consigo entender porque não realizamos uma colação virtual. A data desta formatura foi adiada três vezes, e eles não conseguem findar esta etapa. Os maiores prejudicados somos nós, estão retendo nossos diplomas. E não adianta dizer que isto está acontecendo por conta da pandemia do Covid-19, pois, antes disso outros problemas eram persistentes. Depois que trocaram o sistema operacional, ficou uma bagunça, incluindo os nossos históricos”, questionou Aline.

    Posicionamento do Ifam

    Procuramos o Instituto Federal para entender o que estava acontecendo, e em resposta eles explicaram que : “Devido a pandemia de covid-19, o Instituto Federal do Amazonas visando proteger nosso maior patrimônio, "os estudantes" resolveu adotar medidas de distanciamento social mantendo os serviços de maneira remota ou semi presencial. Algumas ações foram efetuadas de maneira direta por conta disso, porém,foram necessárias para manter a integridade da saúde dos alunos”.

     O Campus Manaus Distrito Industrial informou que as colações de grau que não aconteceram por conta da pandemia de covid-19 iram ser realizadas na primeira quinzena de julho, de acordo com a unidade, cerca de 50 alunos de 5 cursos diferentes estão nessa situação. 

    Leia Mais

    Família procura por cadela roubada dentro de casa em Manaus

    O olhar infantil sobre a Covid-19 e o isolamento social

    Com escopeta caseira assaltante é baleado e preso na Zona Norte