Fonte: OpenWeather

    Obra


    Centro de Cooperação da Cidade será inaugurado em agosto

    O prefeito destacou que todos os equipamentos que serão instalados no CCC possuem tecnologia de ponta e o que há de melhor em monitoramento integrado

    O prefeito disse que o próximo prefeito vai se beneficiar da obra
    O prefeito disse que o próximo prefeito vai se beneficiar da obra | Foto: Divulgação


    Manaus -Marco na implantação da Cidade Inteligente, a obra física do Centro de Cooperação da Cidade (CCC), situado na esquina das avenidas Efigênio Sales e Umberto Calderaro Filho, Parque 10, zona Centro-Sul, será entregue em agosto. A informação foi confirmada pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, nesta segunda-feira, 22/6. Após a entrega, se iniciará a instalação dos sofisticados equipamentos tecnológicos, que farão o monitoramento integrado do funcionamento da capital amazonense, com entrega completa em outubro.

     Durante reunião na sede da Prefeitura de Manaus, zona Oeste, em que estava acompanhado da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, além de secretários municipais, o prefeito destacou que todos os equipamentos que serão instalados no CCC possuem tecnologia de ponta e o que há de melhor em monitoramento integrado.

     “O CCC vai reunir, praticamente, a representação de todas as secretarias, para agilizarmos os trabalhos. Será um local onde poderemos nos reunir para discutirmos as crises e resolvê-las com eficiência. Essa obra mostra o que nos comprometemos a fazer, que é uma verdadeira cidade inteligente. Vamos mostrar isso com mais detalhes em uma visita que faremos nos próximos dias”, detalhou o prefeito Arthur.

     O CCC irá integrar diversos serviços de secretarias municipais em um só lugar, além de concentrar informações de monitoramento, que irão ajudar a resolver problemas do dia a dia do município, de forma mais rápida e eficiente.

     O prefeito também chamou a atenção ao fato de que sua gestão pouco irá usufruir do espaço em pleno funcionamento, uma vez que encerra seu segundo mandato consecutivo. Segundo ele, deixará um legado ao próximo prefeito ou prefeita, o qual a cidade de Manaus, por ser uma grande metrópole, já merecia ter há tempos.

     “Serão duas etapas. Na primeira, entregamos o prédio e, na segunda, instalamos a parte tecnológica, que já está em licitação. Utilizaremos pouco, mas o futuro fará dessa obra uma das principais alavancas de organização e prosperidade para a nossa cidade. Eu fico feliz, porque não penso em fazer para minha gestão, penso de forma audaciosa e faço para gestões futuras, porque trabalhamos, não pensando em período de governo, e sim no que é melhor para Manaus”, disse Arthur, ao enfatizar que será um dos maiores centros de cooperação e controle do país.

     O projeto tecnológico está sendo coordenado pela Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef). Richard Douglas, subsecretário responsável pela área de tecnologia da secretaria, explicou que o CCC será a consolidação do grande projeto Cidade Inteligente. “O CCC vai prover um ambiente onde toda a estrutura da prefeitura conversa de forma integrada, cooperativa e colaborativa com sistemas modernos, que permitam prestar um melhor serviço à população, tanto nas ações emergenciais quanto no planejamento à cidade”, afirmou.

     A obra, que teve início em novembro de 2019, tem um aporte financeiro de R$ 41 milhões, incluindo tanto a parte física quanto os equipamentos tecnológicos.

    *Com informações da assessoria