Fonte: OpenWeather

    Drogas Não


    Combate às drogas no Amazonas tem bons resultados em 2020

    A data escolhida pela Organização das Nações Unidas (ONU) visa conscientizar e informar a população em todo o mundo

    | Foto: divulgação

    Manaus- A 22ª Semana Nacional de Políticas sobre Drogas foi realizada pelo Ministério da Justiça entre os dias 22 e 26 de junho deste ano, e reuniu todas as instituições policiais. O uso de entorpecentes no Brasil é proibido e o tráfico de drogas é o crime que mais cresce no país, de acordo com um relatório divulgado pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC). Para comemorar a data, ações policiais foram intensificadas no Amazonas nos últimos dias e tiraram de circulação uma boa quantidade de entorpecentes.

    Neste período de pandemia da Covid-19, o relatório do UNODC realizou ainda um alerta sobre a situação atual. Segundo a informação do escritório, é previsível o aumento do tráfico de drogas, bem como o consumo de substâncias mais nocivas e diminuição dos orçamentos da saúde pública ao tráfico de drogas.

    Milhares de drogas são apreendidas todos os meses em Manaus
    Milhares de drogas são apreendidas todos os meses em Manaus | Foto: Divulgação

    A data de hoje foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1987, devido o modo pelo qual as pessoas faziam uso de drogas. A dependência está em qualquer uso descontrolado e, além de afetar a saúde pública, o problema se tornou social uma vez que passou a ser comercializado. Com isso, a ONU decidiu enfatizar de maneira global a temática e fortalecer os trabalhos educativos e preventivos.

    Polícia Federal

    Com as operações intensificadas esta semana, nesta sexta-feira (26), a Polícia Federal do Amazonas incinerou 827 quilos de maconha. A operação de destruir com fogo as drogas foi a segunda esta semana. Na terça-feira (23), outros entorpecentes foram incinerados, totalizando a destruição de 1.278 quilos de maconha e 1.819 quilos de cocaína.

    Drogas apreendidas
    Drogas apreendidas | Foto: Divulgação


    A PF também esteve presente no município de Tabatinga, localizado a 1.108 quilômetros a oeste de Manaus, e lá também fizeram a queima das substâncias nesta sexta (26). A operação contou com o apoio do Exército Brasileiro. Aproximadamente 331 quilos foram aniquilados, sendo estes 319 quilos de cocaína, e 224 quilos na forma de cloridrato, e ainda 95 quilos de pasta-base.

    Apreensão da Polícia Militar

    Outro crime ligado ao tráfico de drogas esta semana aconteceu em Manaus, no bairro Flores, na zona Centro-sul da capital. Os estrangeiros Daniel Chinedu Dickson (nigeriano), de 42 anos, e do sul-africano Okolie Goodwill Eze, 49,  foram presos em flagrante durante a operação coordenada pela Polícia Civil e Polícia Militar do Estado do Amazonas. Com eles foram encontrados um carro de luxo e pacotes de cocaína líquida, avaliadas em R$ 8 milhões.

    De acordo com a polícia, os dois são integrantes de um grupo criminoso que comandava uma rede intercontinental de tráfico de drogas. Em coletiva, o secretário da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), coronel Louismar Bonates, explicou que o grupo criminoso arquitetava um esquema no qual carros de luxo roubados na capital eram trocados por drogas. Veículos de menor porte retornavam à capital transportando insumos de cocaína líquida de origem colombiana.

    “Essas negociações ocorriam nas cidades de Tabatinga e de Letícia, na Colômbia. Era justamente nesta região onde a cocaína líquida era obtida”, informou Bonates. A dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas. 

    Leia Mais:

    Companheiros cuidam um do outro para manter cuidados de beleza no Am 

    A cidade de Maués completa 187 anos neste 25 de junho