Fonte: OpenWeather

    Meio ambiente


    Sema e Exército promovem oficinas contra desmatamento e queimadas

    Nas oficinas e rodas de conversa foram discutidas ações de combate às queimadas e desmatamento nas áreas preservadas

    As ações nas comunidades são de orientação contra incêndios florestais e desmatamento
    As ações nas comunidades são de orientação contra incêndios florestais e desmatamento | Foto: Divulgação/Sema

    Manaus – As comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Puranga Conquista, em Manaus, começaram a receber, nesta terça-feira (30), ações de educação ambiental para prevenção de desmatamento ilegal e queimadas não autorizadas. A ação integrada, que segue até esta quinta-feira (2) na RDS, é realizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e pelo Exército Brasileiro.

    As comunidades Nova Canaã e Nova Esperança foram as primeiras a receber as oficinas de prevenção aos incêndios florestais. Durante a atividade, os moradores participaram de uma roda de conversa sobre a importância das Unidades de Conservação e a necessidade de se prevenir as queimadas com foco, também, no combate ao desmatamento.

    “A educação ambiental é tão importante para controlar o desmatamento e as queimadas quanto as ações de repressão aos crimes ambientais. Muitas atividades tradicionais no Amazonas fazem uso do fogo de forma cultural. Também é nosso papel discutir junto às populações tradicionais as alternativas viáveis para minimizar esses impactos, sobretudo no período de estiagem”, disse o secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira. 

    As comunidades receberam as equipes nesta semana
    As comunidades receberam as equipes nesta semana | Foto: Divulgação/Sema

    A ação iniciada nesta terça (30) faz parte das estratégias executadas em conjunto pela Operação Curuquetê 2, lançada em junho pelo Governo do Estado, e pela Verde Brasil 2, deflagrada pelo Governo Federal, no âmbito da Garantia da Lei e da Ordem (GLO).

    “Este foi um trabalho muito participativo, em que o Exército mostrou seus eixos de trabalho no combate ao desmatamento e queimadas, e nós entramos na discussão do que seriam consideradas práticas seguras para fazer, por exemplo, as atividades de roçado, sem agredir o meio ambiente ou provocar danos maiores para a área de floresta”, pontuou biólogo do Núcleo de Educação Ambiental da Sema, Abraham Benayon.

    Moradores das comunidades foram instruídos sobre cuidados com o meio ambiente
    Moradores das comunidades foram instruídos sobre cuidados com o meio ambiente | Foto: Divulgação/Sema

    A oficina também foi uma oportunidade de apresentar aos moradores das Unidades de Conservação os novos trabalhos da Sema voltados para o bem-estar animal. As atividades nas comunidades contaram ainda atendimentos médico e odontológico para os moradores.

    A ação teve apoio da Associação Mãe da RDS Puranga Conquista, do Fórum Permanente em Defesa das Comunidades Ribeirinhas do Baixo Rio Negro e dos Agentes Ambientais Voluntários (AAV) credenciados pela Sema.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Combate ao desmatamento e queimadas contará com R$ 88 milhões

    Operação "Curuquetê 2"une forças contra o desmatamento e queimadas