Fonte: OpenWeather

    Casarão


    Prefeitura impede obra irregular no Casarão de São Vicente

    Implurb e Iphan embargam obra irregular feita no Casarão de São Vicente, após denúncia

    Implurb e Iphan recebem denúncia de obra irregular e embargam reforma
    Implurb e Iphan recebem denúncia de obra irregular e embargam reforma | Foto: Divulgação / Implurb

    Manaus - O conhecido Casarão de São Vicente, de propriedade da Prefeitura de Manaus, teve uma obra irregular identificada, notificada e embargada pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e Instituto Nacional de Patrimônio Histórico (Iphan), na última sexta-feira (3), após denúncia.

    Localizado na rua Bernardo Ramos, nº 89, no bairro Centro, o Casarão é instalado em um ponto de referência arquitetônica e da própria história de Manaus nas proximidades do Museu da Cidade. A prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), tem um projeto já aprovado para transformar o Casarão de São Vicente em um escritório colaborativo para empreendedores.

    “Causa maior impacto o fato do imóvel, uma unidade histórica de segundo grau, de estilo eclético e localizado numa das vias mais antigas da área de tombamento do Centro Histórico da capital, ter sido invadido para a realização da reforma, uma vez que o Poder Público municipal fez a arrecadação judicial do casarão, com processo finalizado no início desde ano. Os invasores ignoraram a desapropriação, retirando o cadeado colocado por técnicos da prefeitura e iniciando a obra”, disse o diretor-presidente do Implurb, Claudio Guenka.

    Em vistoria técnica no imóvel, a Manauscult havia constatado que a estrutura do casarão estava comprometida, decorrente de desabamento do telhado, estando a parede lateral com fissura comprometedora, em preocupante risco de desabamento.

    Em vistoria técnica no imóvel, a Manauscult havia constatado que a estrutura do casarão estava comprometida
    Em vistoria técnica no imóvel, a Manauscult havia constatado que a estrutura do casarão estava comprometida | Foto: Divulgação / Implurb


    Casas mais antigas

    O Casarão de São Vicente fica na mesma rua onde foram restauradas as casas mais antigas da capital, de números 69 e 77, na rua Bernardo Ramos. As duas casas foram transformadas em espaço de promoção da cultura e inauguradas ano passado, durante as comemorações dos 350 anos de Manaus.

    As residências foram totalmente restauradas pela Prefeitura de Manaus e servem para abrigar o acervo de um dos principais artistas amazonenses, Óscar Ramos. A recuperação e ocupação das casas históricas integram as ações do projeto de ressignificação do Centro Histórico, que visa a valorização da história da cidade e promoção ao turismo local.

    Feitas com parte da estrutura em taipa (barro e madeira), as casas de número 69 e 77 carregam uma parte da história de Manaus, datada ainda do período colonial. Consideradas as residências mais antigas da capital amazonense, construídas em 1819, as casas, geminadas, tiveram a reforma concluída com recursos do Poder Público.

    *Com informações da assessoria.