Fonte: OpenWeather

    Reabertura


    Instituições de ensino personalizam retorno às atividades em Manaus

    Instituições de ensino flexibilizam volta de atividades prevista para a segunda-feira (6), em Manaus

    A maioria das instituições de ensino em Manaus vão flexibilizar e personalizar o retorno presencial.
    A maioria das instituições de ensino em Manaus vão flexibilizar e personalizar o retorno presencial. | Foto: divulgação



    Manaus - As atividades presenciais nas instituições de ensino estão previstas para retorno a partir da próxima segunda-feira (6), seguindo o 4º ciclo de reabertura do comércio em Manaus. Os cinemas já confirmaram que não seguem o calendário e algumas instituições privadas apostam na flexibilidade para garantir a segurança.

    O plano de abertura das atividades econômicas foi desenvolvido por ciclos e seguiu os seguintes critérios de prioridade: vulnerabilidade perante à crise; número de trabalhadores e clientes em circulação; nível de aglomeração de pessoas; adaptabilidade do setor; arrecadação per capta; e impacto fiscal e na cadeia produtiva.

    A maioria das instituições de ensino em Manaus vão flexibilizar e personalizar o retorno presencial. As instituições apostam em turmas divididas e número de alunos reduzidos por enquanto, segundo Elaine Saldanha, presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe/ AM).

    "A palavra de ordem para as instituições é a questão da flexibilidade, vamos tratar caso a caso. A medida que os alunos forem vendo as medidas de segurança, vão tendo mais segurança e confiança de que o retorno é seguro", afirma. 

    Elaine conta que a opinião dos pais é dividida: os que já voltaram ao trabalho são à favor, enquanto aqueles que continuam sob restrições, contra. As medidas de segurança estão sendo tomadas de acordo com as recomendações da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e os alunos continuam com as atividades virtuais.

    "Estamos seguindo todos os protocolos de segurança da FVS, então teremos um revezamento de entrada e saída, assim como uma divisão no número de alunos por sala, por dia e por turno. Não vamos voltar 100% com a frequência presencial, continuaremos com o ensino virtual, no que chamamos de ensino híbrido", explica. 

    Nelly Falcão segue a mesma linha e destaca que apenas as turmas do Ensino Médio voltam neste primeiro momento no Colégio Martha Falcão.

    "Para chegar nessa definição de quem começa primeiro, fizemos uma pesquisa entre os pais. Então, nessa primeira semana trabalharemos como Ensino Médio, dividido em dois grupos, para diminuir a quantidade de alunos em sala. O grupo A, por exemplo, vai estar presencialmente assistindo aula, mas esse mesmo conteúdo será disponibilizado para o Grupo B", explica. 

    Centro de estudos

    Acompanhamento de temperatura e totens com álcool em gel para higienização das mãos são algumas medidas que passam a fazer parte da rotina dos alunos e funcionários do pré-vestibular Vetor Centro de Estudos, nas unidades do Ponta Negra e Adrianópolis. 

    "Alguns pais procuraram a gente para saber o que estamos fazendo e disseram que alguns filhos ainda não virão, mas esperamos cerca de 70% dos alunos, até porque estão há muito tempo em casa, muito ansiosos. Aqui vamos adotar o rodízio, mas como trabalhamos com turmas reduzidas, nem todas precisarão",  diz o coordenador pedagógico e professor de química, Albervan Cidrônio.

    Nas salas de aula as cadeiras passam a ser organizadas de maneira que os alunos cumpram o distanciamento social de 1,5 metros. O Vetor afirma ainda que durante os intervalos, as salas de aula ficarão com portas e janelas abertas para que haja circulação de ar; e os alunos devem levar apenas itens de uso pessoal, como garrafa de água e a máscara. 

    Cinemas

    Mesmo com a autorização para a reabertura dos cinemas no Amazonas, a previsão é que as salas continuem vazias por um período mais extenso. As principais redes de cinema que atuam em Manaus optaram por não reabrir as portas na próxima segunda-feira (6).

    As salas de cinema do Sumaúma Park Shopping ainda não têm data definida para abrir. O Kinoplex do Amazonas Shopping têm previsão para a reabertura no dia 30 de julho. Os shoppings Ponta Negra e Millenium ainda não têm data definida, mas a expectativa é que o retorno dos cinemas seja em julho. 

    A previsão para reabertura das salas de cinema Cinépolis do Manaus Plaza Shopping é dia 15 de julho; enquanto o grupo Playarte Cinemas informou ao que a estimativa para retorno no Manauara Shopping é somente final de agosto.

    Leia mais:

    Covid-19: cinemas de Manaus não reabrem nesta segunda-feira (6);

    Veja datas de reabertura do comércio do AM conforme plano do Governo.