Social


DPE-AM realiza mutirão virtual para atendimentos na área de Família

Serviços podem ser agendados até a quinta-feira (9). São disponibilizadas 100 senhas por dia

Mutirão de atendimentos para a área de Família será realizado entre os dias 13 e 17 de julho
Mutirão de atendimentos para a área de Família será realizado entre os dias 13 e 17 de julho | Foto: Clóvis Miranda/DPE-AM

Um mutirão de atendimentos para a área de Família será realizado entre os dias 13 e 17 de julho pela Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM). Os interessados podem agendar os atendimentos a partir desta segunda-feira (6) pelo site www.defensoria.am.def.br, que disponibilizará 100 senhas por dia. Os agendamentos podem ser feitos até a quinta-feira (9).

A ação tem como objetivo a retomada das atividades presenciais da DPE-AM, que ainda não possui data definida. Ao todo, são ofertados mais de dez tipos de serviços e o público será informado sobre a documentação necessária para cada serviço no ato do agendamento.

Os interessados irão receber uma mensagem por e-mail com orientações da data e horário agendado, além de um QR Code para baixar o aplicativo Telegram - que será utilizado durante os atendimentos, realizados das 8h ao meio-dia e das 13h às 17h.

Caso o responsável pelo agendamento não tenha e-mail, ele será orientado a buscar, no site da Defensoria, a aba “Mutirão Virtual de Família” e clicar na opção “Visualizar Agendamento”.

A entrega de documentos poderá ser antecipada, caso o interessado faça contato via Telegram antes do dia agendado para o atendimento.

Atendimento virtual - Nos dias definidos para a realização do mutirão, o atendimento será iniciado via chat no aplicativo Telegram, na ordem da pauta de pessoas agendadas. O interessado deve acessar o app com 15 minutos de antecedência em relação ao horário marcado no agendamento.

Em seguida, um assessor irá identificar o tipo da demanda. Caso o solicitante ainda não tenha enviado os documentos necessários para o atendimento, a documentação será solicitada pelo assessor que estiver prestando o atendimento.

Nos casos em que o atendido manifestar interesse em conciliar, a Defensoria irá celebrar o Termo de Acordo. A confirmação da vontade das partes se dará por meio de vídeo que, em seguida, será convertido em um QR Code - que será juntado no pedido de homologação.

Nestes casos, o interessado será orientado sobre como gravar um vídeo em seu celular de, no máximo, 40 segundos de duração. O vídeo deverá ser enviado ao assessor pelo app Telegram. 

*Com informações da assessoria

Leia Mais

Defensoria Pública faz recomendações para o atendimento ao público

Sinésio Campos quer recursos para a Defensoria Pública do Amazonas

Defensoria Pública defende lockdown em Humaitá e fiscalização