Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Prefeitura redefine pontos de atendimentos a pacientes com covid 19

    Será onze unidade de saúde destinada ao tratamento do coronavírus devido a diminuição de contágio e de casos confirmados

    Devido a redução do contágio e de casos confirmados do novo coronavírus os lugares de atendimentos a esses pacientes será diminuídos. Seno feito exclusivamente nas dez Unidades Básicas de Saúde (UBS) de horário ampliado e na clínica da família Carmen Nicolau
    Devido a redução do contágio e de casos confirmados do novo coronavírus os lugares de atendimentos a esses pacientes será diminuídos. Seno feito exclusivamente nas dez Unidades Básicas de Saúde (UBS) de horário ampliado e na clínica da família Carmen Nicolau | Foto: Altemar Alcântara / Semcom

    Amazonas- Devido a redução do contágio e de casos confirmados do novo coronavírus os lugares de atendimentos a esses pacientes será diminuídos. Seno feito exclusivamente nas dez Unidades Básicas de Saúde (UBS) de horário ampliado e na clínica da família Carmen Nicolau. Essas unidades contam com todo o suporte necessário, como o telemonitoramento, testagem rápida e fluxo diferenciado para pacientes com Covid-19.

    Os horários de atendimento seguirão a rotina da UBSs de horário ampliado – de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h. Aos sábados, das 8h às 12h. A clínica da família Carmen Nicolau funcionará de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 18h.

    Segundo a diretora do departamento de Atenção Primaria, Ângela Nascimento, essas unidades adotam um processo de fluxo diferenciado para atender os pacientes de síndromes respiratórias. “Nós continuamos preparados para atender os pacientes com síndromes gripais e suspeitas de Covid-19, mas entendemos que essas unidades também fazem acompanhamento de hipertensos, diabéticos e gestantes, por isso aprimoramos o atendimento em dois fluxos para que não haja o cruzamento desses pacientes pela dependência da unidade”, explicou.

    Toda estrutura dessas unidades de saúde é dividida para que o atendimento de cada área não seja compartilhado. O fluxo diferenciado atende os protocolos de distanciamento social, conforme determina a Organização Mundial de Saúde (OMS), observando as melhores evidencias para que não haja nenhum tipo de contaminação entre os pacientes e demais profissionais.

    Os pacientes com suspeitas de síndromes gripais, ou casos confirmados de Covid-19, que chegam às unidades são avaliados pelo corpo técnico, de médicos e enfermeiros, e, se houver a necessidade, esse paciente é encaminhado aos hospitais especializados. Caso o paciente possa ser tratado em casa, ele passa a ser atendido, diariamente, por meio do telemonitoramento da prefeitura, que conta com uma equipe multidisciplinar e vai observar também toda a família que reside na mesma casa. 

    Confira as UBSs preferenciais para atendimento a casos suspeitos de síndromes respiratórias e Covid-19: 

    Distrito Leste - UBS Alfredo Campos - Rua André Araújo, s/nº - Zumbi II- UBS Dr. José Amazonas Palhano - Rua Antônio Matias, s/nº - São José II- UBS Maria Leonor Brilhante - Avenida Autaz Mirim, s/nº -     Tancredo Neves 

    Distrito Norte- UBS Augias Gadelha - Rua A, nº 15 - Cidade Nova I- UBS Balbina Mestrinho - Rua 17, nº 170 - Cidade Nova

    - UBS Major Sálvio Belota - Rua das Samambaias, nº 786 - Santa Etelvina

    - Clínica da Família Carmen Nicolau - Rua Santa Tereza D’Ávila, s/nº, Lago Azul 

    Distrito Sul- UBS José Rayol dos Santos - Avenida Constantino Nery, s/nº – Chapada

    - UBS Morro da Liberdade - Rua São Benedito, s/nº - Morro da Liberdade 

    Distrito Oeste - UBS Deodato de Miranda Leão - Avenida Presidente Dutra, s/nº – Glória- UBS Leonor de Freitas - Avenida Brasil, s/nº - Compensa II


    Leia mais:

    Arthur Virgílio está respirando com auxílio de um cateter de oxigênio

    Estudo identifica diferentes linhagens do novo coronavírus no Amazonas

    'Brasil está perdendo vidas por causa do presidente', diz Haddad