Fonte: OpenWeather

    Indígenas


    Mais 4 mil indígenas foram beneficiados com doações

    As doações foram destinadas para duas reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS), no interior do Amazonas

    Duas Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS), localizadas no interior do Amazonas, receberam assistência e doações para amenizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19, beneficiando mais de quatro mil pessoas
    Duas Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS), localizadas no interior do Amazonas, receberam assistência e doações para amenizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19, beneficiando mais de quatro mil pessoas | Foto: Imprensa FAS

    Manaus - Duas Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS), localizadas no interior do Amazonas, receberam assistência e doações para amenizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19. No total mais de quatro mil pessoas foram beneficiadas devido aos esforços de expedições emergenciais realizadas pela Aliança dos povos indígenas e populações tradicionais e organizações parceiras do Amazonas para o enfrentamento do coronavírus, coordenada pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS).

     Ao todo, as duas expedições atingiram mais de 4 mil pessoas que vivem em locais de difícil acessoa ajuda também veio com informação sobre o covid-19 para combater as fake news com 500 cartazes distribuídos pela comunidade. As expedições também distribuíram produtos da Procter & Gamble Company (P&G).

    O presidente da Associação de Moradores e Amigos da RDS do Juma (Amarjuma), Maik Corrêa, enfatizou a importância das entregas “Vivemos numa região distante e, por isso, tudo se torna mais difícil ter acesso. Somos gratos por toda a ajuda”, disse Maik. 

    Um dos parceiros é o Universo Americanas (composto por Americanas, B2W Digital, IF – Inovação e Futuro, Ame e LET´S), que criou um programa de auxílio às populações indígenas e ribeirinhas da Amazônia durante a pandemia e já doou 300 mil máscaras, mil oxímetros e 21,5 mil unidades de álcool em gel (500 ml) com o objetivo de ajudar na higienização e combate ao avanço da doença na região.

    Em Uatumã

    Além das doações, os profissionais da saúde que atuam na região, a missão garantiu a entrega de oxímetros, termômetros, aparelho de pressão e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Também teve teleatendimentos de saúde e psicológico, através do sistema de Telessaúde da UEA, e a distribuição de material informativo com recomendações médicas.

    A presidente da Associação Agroextrativista dos Comunitários da RDS Uatumã, Diana Prado, informou que a pandemia paralisou as principais atividades econômicas das comunidades. 

    Sobre a Aliança

    A “Aliança dos Povos Indígenas e Populações Tradicionais e Organizações Parceiras do Amazonas para o Enfrentamento do Coronavírus” foi criada e é coordenada pela pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS) com o envolvimento de 81 instituições públicas e da sociedade civil para ações de prevenção ao coronavírus. Busca disseminar e estimular a adoção de boas práticas para reduzir os riscos de contágio, levar os serviços e as informações em saúde via telessaúde e o transporte de pacientes graves.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Live solidária dos anos 90 arrecada doações para povos indígenas

    MPF recomenda registro de autodeclaração para indígenas com Covid-19

    Desafios enfrentados no tratamento de saúde da população indígena