Infração


Mais de 200 condutores de veículos 'barulhentos' foram multados no AM

Modificação no escapamento é proibida pelo CTB, que prevê multa de R$ 195 e a perda de cinco pontos na CNH

Escapamento esportivo, ou descarga livre, é proibido pelo CTB
Escapamento esportivo, ou descarga livre, é proibido pelo CTB | Foto: Divulgação/Detran-AM

Amazonas - Somente no primeiro semestre deste ano, 223 motoristas foram multados por conduzir veículos com escapamento modificado, também chamados de esportivos ou descarga livre. A alteração é proibida pelo Código Brasileiro de Trânsito (CTB), que prevê a retenção do veículo para regularização, multa de R$ 195,23 e a perda de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), o número de autuações em 2020 é 29% menor que o registrado no mesmo período do ano passado - que contabilizou 288 autuações. O ruído gerado pela modificação é perceptível no tráfego diário e, segundo o Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), ocorre com maior incidência em motocicletas.

Maior incidência da modificação no escapamento ocorre em motocicletas
Maior incidência da modificação no escapamento ocorre em motocicletas | Foto: Divulgação/Detran-AM

"Além de incomodar as pessoas com o barulho, a descarga esportiva ou a ausência de silenciador, aumenta a emissão de gases nocivos ao meio ambiente", disse Arthur Francisco, coordenador do Neot, por meio de nota.

O Detran-AM destaca ainda que as apreensões não envolvem apenas motocicletas, mas também carros e caminhões.

*Com informações da assessoria

Leia Mais

Detran-AM reabre Posto de Atendimento no Parque 10 Mall

Motorista nua é flagrada em blitz na zona Centro-Sul de Manaus

Horário de atendimento nos PACs terá mudanças na próxima semana