Fonte: OpenWeather

    Quadro clínico


    Sem previsão de alta, Arthur Neto segue internado no Sírio Libanês

    O prefeito de Manaus continua em tratamento contra a Covid-19 e segue realizando outros exames

    Arthur Virgílio ainda não precisão de alta, o tratamento continua em São Paulo
    Arthur Virgílio ainda não precisão de alta, o tratamento continua em São Paulo | Foto: Mário Oliveira / Semcom

    Manaus - Sem previsão de alta, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, continua em tratamento da Covid-19 no hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Conforme boletim médico, emitido neste domingo (12), Arthur tem apresentado uma recuperação expressiva, porém ainda não há previsão de saída do prefeito da capital paulista.

    Virgílio e a esposa Elisabeth Valeiko testaram positivo para a doença causada pelo novo Coronavírus no dia 29 de junho, dando início ao tratamento no hospital Adventista de Manaus.

    Arthur decidiu concluir exames na capital paulista para também realizar acompanhamento de uma cirurgia realizada há alguns anos para retirada de câncer prostático.

    Na última terça-feira (7), Arthur estava em uma unidade de terapia semi-intensiva, respirando com auxílio de um cateter de oxigênio. Quando confirmou a ida para São Paulo, Arthur agradeceu às mensagens de desejo de recuperação e afirmou estar de volta à Manaus o mais breve possível.

    “Preciso fazer outros exames, como da cirurgia para retirada da próstata que fiz há alguns anos, então decidi ir a São Paulo, onde tenho todo meu histórico médico. Tenho recebido muitas mensagens de apoio e desejo de melhoras, que só me motivam, ainda mais, a continuar fazendo o melhor por Manaus. Em breve, estarei de volta e com força total”, disse Virgílio.

    Leia mais:

    Professores da rede municipal realizam testes de Covid-19

    Luto de 3 dias: Prefeito lamenta morte de ambientalista Alfredo Sirki

    Arthur Neto diz que 'o pior já passou' e faz alerta sobre Covid-19