Fonte: OpenWeather

    Piratas do Amazonas


    No AM, mulher de pirata é presa enquanto ele tocava o terror no rio

    Grávida de três meses, ela estava em casa, enquanto o namorado efetuava roubos no Rio Solimões, segundo ela

    Moradores denunciaram Alfinete e seu irmão, Erimar, por estarem efetuando assaltos a mão armada no Rio Solimões.
    Moradores denunciaram Alfinete e seu irmão, Erimar, por estarem efetuando assaltos a mão armada no Rio Solimões. | Foto: Divulgação

    Manaus - Uma grávida que não teve a identidade informada pela polícia, foi presa na tarde de sexta-feira (17), em Coari (Distante 433 quilômetros de Manaus). Indiciada por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e outros crimes, a mulher, na verdade, não era o principal alvo da operação. O objetivo era prender o namorado dela, Erinei, conhecido como 'Alfinete'. Ele foi denunciado por moradores do entorno, que o acusam de estar roubando casas e embarcações na região.

    De acordo com as informações do 5.º Batalhão da Polícia Militar de Coari (5.º BPM), a ação ocorreu por volta das 17h30, na comunidade Lauro Sodré, localizada no município.

    Tudo começou após moradores denunciarem Alfinete e seu irmão, Erimar, por estarem efetuando assaltos a mão armada no Rio Solimões.

    Ao chegarem na casa associada aos suspeitos, a PM encontrou apenas a namorada de Alfinete, grávida de três meses. A mulher não ofereceu resistência durante a abordagem e mostrou aos policiais onde estavam guardadas armas de fogo e drogas na residência.

    "Aos policiais militares, a infratora informou que seu namorado com outros comparsas estavam no rio [Solimões] em duas lanchas onde passariam o final de semana praticando roubos como piratas de rio em busca de drogas e outros", diz o comunicado do 5.º BPM, à imprensa. 

    A mulher foi presa e encaminhada para o 5.º Batalhão da Polícia Militar de Coari para os devido procedimentos legais.

    Polícia apreendeu drogas, armas e munições
    Polícia apreendeu drogas, armas e munições | Foto: Divulgação

    Durante a operação, a PM apreendeu um bote de cinco metros na cor branca com uma listra vermelha. Ele estava equipado com um motor Yamaha de 40 HP. Além disso, foram recolhidas 11 trouxinhas de maconha do tipo skank; R$ 188 em espécie; um revólver da marca Taurus e 111 munições de tipos diferentes.

    Bando

    De acordo com as informações passadas por  moradores à polícia, no bando de 'Alfinete', estariam também 'Erimar', 'Índio', 'Bago', 'Mequias', 'Artur Bera', 'Piu Piu', 'Buldogue', 'Pelado' e outros de Coari. 

    As denúncias dão conta de que os suspeitos estavam usando lanchas pequenas, com motores de baixa potência, até uma maior e mais potente para os casos de assalto a embarcações maiores. 

    Piratas estariam efetuando roubos no Rio Solimões, próximo a Coari
    Piratas estariam efetuando roubos no Rio Solimões, próximo a Coari | Foto: Divulgação

    Moradores preferiram não se identificar e relataram medo de serem perseguidos pelo grupo, que é conhecido por ser violento. Testemunhas citaram casos de sequestros e roubos que já teriam ocorrido na comunidade.

    "O alvo do bando são drogas, mas quando não encontram, roubam o que podem das vítimas, desde dinheiro e eletroeletrônicos, até combustíveis e gêneros alimentícios", informou um morador que não se identificou.

    Segundo informações do 5.º BPM, os infratores usam sempre o mesmo 'modus operandi', cobrindo seus rostos com tocas ou balaclavas nas abordagens, e subjugando as vítimas para impedirem estas de ver o rosto dos infratores.