Fonte: OpenWeather

    Preço abusivo


    Procon-AM notifica olarias em ação para apurar alta do preço do tijolo

    Caso seja comprovado irregularidades a multa pode chega ao valor de R$ 3 milhões por preços abusivos dos matérias de construção

     Foram notificadas, pelo Procon-AM, duas olarias localizadas no Cacau Pirêra, distrito de Iranduba, município a 27 quilômetros de Manaus nesta segunda-feira (20)
    Foram notificadas, pelo Procon-AM, duas olarias localizadas no Cacau Pirêra, distrito de Iranduba, município a 27 quilômetros de Manaus nesta segunda-feira (20) | Foto: Mauro Smith/ALE-AM

    Manaus- Foram notificadas, pelo Procon-AM, duas olarias localizadas no Cacau Pirêra, distrito de Iranduba, município a 27 quilômetros de Manaus nesta segunda-feira (20). Foi solicitado aos estabelecimentos informações sobre o preço do tijolo no Amazonas devido ao valor do produto tem sido alvo de reclamações por parte dos consumidores nos canais de atendimento do órgão.

    Na semana passada,o Procon-AM já havia notificado 33 lojas de materiais de construção com pedidos de esclarecimentos sobre os preços praticados na venda não apenas do tijolo, mas também do cimento e de materiais elétricos, desde o mês de março deste ano. 

    Das olarias notificadas nesta segunda-feira, uma entregou as notas fiscais no ato da visita do Procon-AM, que fará a análise para verificar se houve alta injustificada nos valores. A outra terá prazo de 48 horas para apresentar as informações ao órgão. 

    Caso sejam constatadas irregularidades nos locais fiscalizados, eles serão autuados com multas proporcionais ao respectivo porte de cada um - o valor pode chegar a R$ 3 milhões.

    Contatos -  O Procon-AM já retomou os atendimentos presenciais, que ocorrem apenas mediante agendamento pelo (92) 3215-4009. Os consumidores podem abrir reclamação também pelos números 0800 092 1512, (92) 3215-4012, 3215-4015 e pelos e-mails [email protected] e [email protected]

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Disparidade do preço do material de construção é de até 100% em Manaus

    Mais12 lojas de construção são fiscalizadas por preços abusivos no AM

    Operação ‘Construção Segura’ é ativada sobre comércios de Manaus