Fonte: OpenWeather

    Toque de Recolher


    Lábrea, no AM, prorroga toque de recolher e cidadãos relatam descaso

    Segundo relatos, os próprios moradores desrespeitam as medidas protetivas contra o coronavírus

    Moradores do município relatam que algumas pessoas não respeitam as medidas de controle contra o vírus
    Moradores do município relatam que algumas pessoas não respeitam as medidas de controle contra o vírus | Foto: Reprodução

    Lábrea (AM) - O município que fica 701 km de Manaus também é uma das localidades no interior do Amazonas que aderiu às medidas sanitárias para evitar a contaminação do novo coronavírus (Covid-19). Lábrea decretou neste domingo (26) toque de recolher das 19h às 4h, mas a população afirma que os próprios moradores do município não estão respeitando às medidas.

    Lábrea está com 1.325 casos confirmados e 17 mortes. A taxa de letalidade é de 1,28%. No Decreto N° 668, de 26 de julho de 2020, é apresentada a seguinte recomendação aos moradores: 

    “Fica prorrogado, no âmbito do Município de Lábrea, o Toque de Recolher, no período de 26/07/2020 até 31/07/2020, no horário de 19h às 4h do dia seguinte, para o confinamento domiciliar obrigatório. Ficando terminantemente proibida a circulação de pessoas com ou sem veículo de qualquer natureza, exceto nos casos de emergência ou de acesso e prestação de serviços essenciais, mediante comprovação, na forma do inciso II do art. 2° do presente Decreto”, afirma a nota. 

    Os cidadãos se manifestaram sobre o assunto e disseram que algumas pessoas da cidades não estão respeitando o decreto estipulado pela prefeitura. “Durante o dia eles estão vivendo a vida normal e fazendo ‘bebedeira’ final de semana com aglomeração de pessoas”, disse uma moradora. 

    “Não adianta fazer se as pessoas fazem aglomerações em casa. Conheço gente que bebe em casa, chama os amigos e ainda postam fotos. As pessoas não respeitam”, afirmou outro morador do município. 

    Leia Mais

    Transporte fluvial do AM tem baixa procura na reabertura

    Interior do AM continua com a maior porcentagem de casos de Covid-19

    Interior do AM lidera casos de Covid-19 com 65% dos registros