Fonte: OpenWeather

    Governo do Amazonas


    Obras do Prosamim são retomadas e famílias recebem indenização

    Wilson Lima acompanhou o pagamento de indenizações dos moradores do do Igarapés do 40 e Mestre Chico

    164 famílias do Igarapés do 40 e Mestre Chico já recebem as indenizações
    164 famílias do Igarapés do 40 e Mestre Chico já recebem as indenizações | Foto: Arthur Castro/Secom

    Manaus- 164 famílias do Igarapés do 40 e Mestre Chico já recebem as indenizações, auxilio-moradia e bônus-moradia enquanto são feitas as intervenções do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). Tendo como local o Centro de Convenções Vasco Vasques  nesta segunda-feira (27). 

    Para este quarto lote de pagamentos, realizado pela Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), o Governo do Estado disponibilizou recursos na ordem de R$ 7,1 milhões, financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). 

    O governador Wilson Lima ressaltou a importância da retomada das obras do Prosamim nos Igarapés do 40 e Mestre Chico, que devem gerar mais de mil empregos diretos e indiretos.

    “Com essas obras que estamos retomando agora do Prosamim 3, estamos gerando algo em torno de 1.200 empregos. Tudo isso é importante nesse momento em que a gente começa a sair dessa pandemia. Então, todas essas ações que o governo toma de forma responsável são fundamentais para essa normalidade que a gente tanto espera retomar”, disse Wilson Lima.

    Pagamentos - Os benefícios pagos nesta segunda-feira (27), por meio da Suhab, estão divididos em 51 indenizações, que variam de acordo com o valor da benfeitoria do imóvel; 58 bônus-moradia no valor de R$ 50 mil, solução aplicada para aquisição de casa regularizada no mercado imobiliário; 30 auxílios-moradia no valor de R$ 6 mil, solução aplicada a inquilinos e cedidos atendidos pelo programa; e 12 indenizações de atividades comerciais.

    A intervenção do Igarapé do 40 compreende um trecho localizado entre as avenidas Silves e Maués, nos bairros do Japiim e Cachoeirinha. Serão retirados do leito do igarapé 1.378 imóveis, onde residem mais de 6 mil pessoas. O projeto inclui a construção de uma pista interligando o Distrito Industrial ao Centro da cidade por meio da Manaus Moderna.

    Já a intervenção no Igarapé Mestre Chico, no trecho que compreende as avenidas Leonardo Malcher e Parintins, contempla a construção de um parque urbano de 15.742,46m² para os moradores dos bairros Praça 14, Cachoeirinha e Centro.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Governo atinge marca histórica de R$ 50 mi em crédito emergencial

    Governo do AM articulou proteção à ZFM em proposta do Governo Federal

    Wilson Lima entrega veículos para expandir programa ‘Vida no Trânsito’