Fonte: OpenWeather

    Liberado


    Parintins libera viagens com 100% da capacidade e flexibiliza medidas

    Parintins continua sendo a segunda cidade do interior do Amazonas em número de casos confirmados da Covid-19

    Outras medidas de combate ao Coronavírus sofreram flexibilização
    Outras medidas de combate ao Coronavírus sofreram flexibilização | Foto: Lucas Silva

    Manaus – O município que contabilizou 3.584 infectados e 102 mortes até o último domingo (9), segundo o boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), flexibilizou medidas após o prefeito de Parintins em exercício, Tony Medeiros, assinar decreto que também permite viagens fluviais e aéreas com 100% da capacidade de passageiros. 

    O decreto foi assinado na última semana
    O decreto foi assinado na última semana | Foto: Divulgação prefeitura de Parintins

    O decreto municipal alterou o toque de recolher das 0h às 5h da manhã do dia seguinte, o horário anterior era das 22h às 5h, que permitia também a reabertura de bares até o horário do toque de recolher, atuando com 50% da capacidade do local, disponibilizando álcool em gel e exigindo uso de máscara para o acesso. 

    Este decreto mantém a proibição de atividades esportivas coletivas e realização de festas ou eventos públicos. As medidas valem até o dia 22 de agosto.

    Transportes

    As viagens estão liberadas com 100% a capacidade de barcos e aeronaves
    As viagens estão liberadas com 100% a capacidade de barcos e aeronaves | Foto: Reprodução

    No dia 10 de julho, foram autorizados somente 70% da capacidade de pessoas viajando no município. O objetivo é retomar de forma gradativa as atividades sociais e econômicas do município.

    A decisão foi baseada nos dados apresentados pela Vigilância em Saúde que indicaram a diminuição de positivados pelo novo Coronavírus no município.

    Desta vez, o comitê Gestor de Combate ao Coronavírus de Parintins deliberou a liberação de viagens fluviais e aéreas com 100% da capacidade de passageiros, sem a necessidade de autorização do município.

    Leia mais:

    Parintins libera viagens por barcos com 70% da lotação 

    Com malha reduzida, empresas aéreas retomam voos no Amazonas 

    Parintins busca sair das 5 cidades com mais casos de Covid-19

    Confira o programa Papo Franco:

    Coronavirus