Educação no AM


Estudantes da rede estadual recebem livro com temas do ‘Aula em casa’

Os estudantes da rede pública receberão o material para o reforço dos conteúdos ministrados durante a pandemia

Alunos do Ensino Médio já recebem a apostila
Alunos do Ensino Médio já recebem a apostila | Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc

Manaus – Os estudantes do Ensino Médio receberão uma apostila impressa com os conteúdos transmitidos no projeto “Aula em Casa”. Os alunos da Escola Estadual (EE) Dr. José Milton Bandeira, na zona norte de Manaus, foram os primeiros a receber o material, nesta terça-feira (1º).

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) disponibilizou apostila impressa com os conteúdos que foram transmitidos. O material didático foi produzido pela equipe do Centro de Mídias da Educação do Amazonas (Cemeam) e também irá contemplar os estudantes do Ensino Fundamental. 

Os alunos poderão relembrar o conteúdo ministrado durante a pandemia
Os alunos poderão relembrar o conteúdo ministrado durante a pandemia | Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc

O material conta com gabaritos comentados das atividades, em formato digital, com acesso por meio de QR Code, para dar suporte ao professor e aos alunos.

A estudante Maria Eduarda Melo, cursa a 1ª série, ficou satisfeita em receber mais um material de apoio, já que algumas vezes não conseguiu estudar. 

“Eu fazia uns exercícios, mas nem sempre podia acompanhar o programa na televisão, porque a mãe chama para ajudar em uma coisa, a avó com outra, aí acaba perdendo o foco. Acho que essa apostila vai ser ótima porque tem explicações, e a gente pode ler em casa, revisar”, avaliou a jovem.

Todos dos alunos da rede estadual receberão a apostila
Todos dos alunos da rede estadual receberão a apostila | Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc

A gestora da EE Dr. José Milton Bandeira, Marlen Müller, diz que a unidade foca em dar conteúdos que ajudarão os alunos nos vestibulares. Ela conta ainda que, dos 1.050 alunos, que estão divididos nos grupos A e B, 80% estão frequentando as aulas desde o dia 10 de agosto.

“Nós começamos a ir atrás dos alunos antes mesmo de a Secretaria de Educação lançar o Busca Ativa, e com isso nós trouxemos 80% dos alunos para a escola. Esse Guia de Estudo é um fortalecimento, porque aqui contém todas as disciplinas e ele pode, de uma maneira mais eficaz, correr atrás daquilo que ele perdeu e veio ajudar muito, com certeza”.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Professor Paulo Diniz é nomeado para representar a Conaes

Escolas passam a enviar formulários semanais sobre saúde

Confira as mudanças no edital da UEA e dicas para preparação