Suicídio


Universitários fazem ato no Dia da Prevenção e Valorização da Vida

O objetivo dos estudantes da Fametro é sensibilizar a população para os sintomas de depressão e para a saúde mental

Vestidos de amarelo e respeitando o distanciamento social, os universitários farão um grande cordão humano que irá unir as unidades | Foto: Divulgação

A cada 40 segundos uma pessoa tira sua vida ao redor do mundo. Contabilizando 800 mil mortes por ano. O Brasil ocupa o 8º lugar entre os países do mundo com mais casos. Esses números mostram que é fundamental cada vez mais falar sobre o assunto. Por conta disso, nesta quinta-feira (10), Dia Mundial de Prevenção e Valorização da Vida, estudantes do Centro Universitário Fametro farão um ato simbólico em apoio às pessoas que sofrem com depressão. 

O objetivo dos estudantes da Fametro é sensibilizar a população para os sintomas de depressão e para a saúde mental. Os acompanhamentos médicos e psicológicos são as maneiras mais eficazes de prevenção e tratamento.

Vestidos de amarelo e respeitando o distanciamento social, os universitários farão um grande cordão humano que irá unir as unidades 1 e 2 à unidade 5, nas calçadas da avenida Constantino Nery. A ação acontecerá durante a manhã, das 8h às 9h, e a noite, das 18h às 19h.

*Com informações da assessoria